Projeto Eu Medito, propõe 5 minutos de meditação com ajuda de um app


Projeto Eu Medito, propõe 5 minutos de meditação com ajuda de um app 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

A meditação coletiva agendada para o dia 5 de abril do ano que vem – evento do movimento internacional Mãos Sem Fronteira que vai transformar Curitiba na capital da meditação em 2014 – será marcada pela revelação de um número simbólico. É que neste dia, em que praticantes da meditação dos 35 países em que o MSF está presente estarão conectados mentalmente para meditar, será anunciado, em Curitiba, o tempo total de meditação registrado pelo contador universal online do site, que acaba de ser lançado. “No dia 5 de abril, vamos divulgar quantos milhares ou milhões de minutos foram dedicados à meditação”, diz Lilian Miranda, coordenadora do MSF no Brasil. Na ocasião, estarão presentes em Curitiba mais de 600 representantes dos 35 países que integram o movimento Mãos Sem Fronteiras e cerca de 30 mil pessoas dos dez estados brasileiros que contam com a MSF.

Além do contador online, também está disponível no site o primeiro aplicativo desenvolvido especificamente para meditação, que leva o nome da campanha: 5 minutos, eu medito. Desenvolvido pela Polvo Digital, com funções de cronômetro e contador, o aplicativo pode ser baixado gratuitamente em Iphones IOS (plataforma Apple) e em smartphones Androids (plataforma Google). Agora ficou mais fácil meditar e participar da campanha, ajudando a acumular minutos por meio do contador universal.

O aplicativo já está programado para sessões de cinco minutos, com ou sem a trilha sonora padrão da campanha. Cada vez que uma pessoa medita usando o aplicativo em seu celular, o tempo de meditação é, automaticamente, somado ao tempo total do contador universal. Após a meditação, a interface permite que os praticantes compartilhem nas redes sociais (facebook e twitter) a informação de que meditaram e convidem os amigos a meditar também.

O site traz um passo a passo para quem quiser aprender a meditar. Trata-se de um esquema simples representado pelo exercício 3-5-3 de meditação. São três inspirações e expirações longas e profundas seguidas de cinco minutos de meditação e mais três inspirações e expirações para encerrar. Mas o que se passa neste preciosos cinco minutos de meditação?

“Você deve deixar os pensamentos passarem. Eles chegam e você os deixa ir embora, na tentativa de simplesmente não pensar. Para algumas pessoas, visualizar uma tela branca, pode ajudar”, orienta Lilian. As mudanças positivas são percebidas no dia-a-dia na medida em que os praticantes aprimoram suas próprias técnicas de meditar. “É como trabalhar os músculos na academia: quanto mais você trabalha, mais resultados tem”, compara Lilian, que chama a atenção para as recentes pesquisas que comprovaram cientificamente os benefícios da meditação.

Segundo Lilian Miranda, o objetivo da campanha “cinco minutos eu medito” é mostrar que qualquer pessoa pode aprender a meditar e pode incluir a meditação como um hábito no seu dia-a-dia. “É preciso desmistificar a meditação”, ressalta. Desde que a prática seja constante, cinco minutos diários é o suficiente para que o praticante consiga alguns flashes de ausência de pensamento em cada sessão. “O efeito cumulativo disso resulta na oxigenação do cérebro e na melhoria das condições de saúde. Menos ansiedade, mais qualidade de sono e mais harmonia nos relacionamentos são apenas alguns dos benefícios”, enumera Lilian.

http://www.youtube.com/watch?v=65_fihLz-qQ

PUBLICIDADE ANUNCIE

01 02 03 04 05 06 07

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar