Nem tudo é o que parece em novo comercial da Apple

Smartphones estão tão presentes em nossas vidas que muitos de nós não sabemos mais nem como interagir sem eles. Basicamente, o que mostra a Apple nos primeiros 40 segundos de Misunderstood, comercial que retrata um adolescente com os olhos vidrados na tela de seu iPhone o tempo inteiro que antecede a manhã de Natal. A impressão que se tem é que ele está ignorando sua família, mas nem tudo é o que parece.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É na manhã do dia seguinte, quando a família inteira se reúne para abrir os presentes, que ele liga a televisão e explica a razão de não ter largado seu iPhone um só minuto: a produção de um vídeo caseiro mostrando momentos do Natal da família Harris.

A Apple acertou em cheio ao humanizar a tecnologia, transformando um dos maiores motivos de reclamações de quem convive com pessoas que só interagem com seus smartphones em uma boa surpresa.

Além do comercial, também é possível ver o filme “produzido” pelo garoto, que segundo a descrição no YouTube foi todo feito com o iPhone 5S.

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10

O vídeo gravado por ele foi esse aqui:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Via Brainstorm9

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,714FãsCurtir
1,763,678SeguidoresSeguir
8,639SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram