Neozelandeses entregam voluntariamente suas armas após massacre

Dez dias após o ataque terrorista a tiros que vitimou 50 pessoas em Christchurch, muitos donos de armas de fogo têm entregado, voluntariamente, seus armamentos e munições à polícia da Nova Zelândia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Brenton Tarrant, nascido na Austrália, assassino que covardemente abriu fogo contra centenas de pessoas em duas mesquitas foi preso e acusado de homicídio. Durante o atentado, ele portava cinco armas legalmente registradas.

Neozelandeses entregam voluntariamente suas armas após massacre
Muitos donos de armas na Nova Zelândia estão entregando seus armamentos após o ataque a tiros de sexta-feira (15) em Christchurch.

De forma a endurecer a legislação e o controle de armas, o governo social-democrata da primeira-ministra Jacinda Ardern iniciou um processo para enrijecer a facilidade de se portar uma arma de fogo e acabar com a possibilidade de se ter múltiplas armas em casa, especialmente as semiautomáticas.

Leia tambémGangues de motoqueiros fazem guarda das mesquitas atacadas na Nova Zelândia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A população neozelandesa, estimada em 4,8 milhões de pessoas, é considerada uma das mais progressistas e pacifistas do planeta.

Faz cerca de três dias que a polícia têm notado um grande volume de cidadãos se dirigindo às delegacias locais para entregarem seus armamentos. Os policiais e demais autoridades aconselham a população a entrar em contato com a delegacia de polícia mais próxima para se informar como transportar suas armas em segurança.

De acordo com o governo neozelandês, existem cerca de 1,1 milhão de armas de fogo no país – isto é, há 1 arma para cada 4 habitantes, a incluir no cálculos armamentos para caça.

Leia tambémPessoas do mundo todo estão deixando flores em mesquitas após atentado

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Revista Exame
Foto destacada: Reprodução / Jorge Silva

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Neozelandeses entregam voluntariamente suas armas após massacre 1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,975,261SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Médico destaca papel fundamental de cuidador para pacientes com mieloma múltiplo

O mieloma múltiplo é um câncer da medula óssea e um tipo de patologia que pode comprometer aos poucos o funcionamento de vários órgãos...

Genro e sogra se unem, dão a volta por cima após perderem seus empregos e abrem restaurante juntos

Essa é uma bela prova de que a convivência entre genro e sogra não só pode ser boa, como também próspera. Depois de perderem...

Esquiador celebra beijo em namorado transmitido ao vivo nas Olimpíadas de Inverno

Apesar de ter ficado de fora do pódio, o esquiador norte-americano Gus Kenworthy fez história ao beijar seu namorado ao vivo após a prova...

Envelhecendo juntos: um convite de casamento diferente

Em outubro de 2008, Robert, diretor da agência australiana Mash Dom, casou-se com Helena. Em uma semana, ele criou um convite especial para seu casamento,...

Camelo anda 160 km no deserto por sete dias para encontrar seus antigos tutores: ‘Lealdade incondicional’

Não é raro encontrarmos histórias extraordinárias da lealdade dos animais para com seus tutores. Os cães, por exemplo, considerados os "melhores amigos" do homem,...

Instagram

Neozelandeses entregam voluntariamente suas armas após massacre 2