Nesta aldeia indiana, o nascimento de uma menina é celebrado com o plantio de 111 árvores

Em Rajastão, a aldeia indiana de Piplantri comemora o nascimento de meninas de uma forma muito única e especial: plantando 111 árvores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já são 9 anos de tradição e mais de 286 mil árvores plantadas.

Essa iniciativa nasceu em 2006 após o governo de Shyam Sundar Paliwal criar um pacote de medidas para reduzir a quantidade de abortos de bebês do sexo feminino, fato que occoria muito por questões religiosas.

Mas não é só isso. Para valorizar as mulheres, preservar a infância e adolescência, os pais assinam uma declaração garantindo que as filhas não se casarão até os 18 anos de idade, além de cuidar das mudinhas plantadas até sua maturidade.

“A menina é considerada um fardo, pois na maior parte do estado de Rajastão, como em muitas outras partes do país, o casamento é uma proposta cara. A proposta era dar aos pais uma sensação de segurança financeira”, explicou o ex-sarpanch (autoridade local), Paliwal, em declaração ao site Hindustan Times.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cada família recebe 31 mil rúpias, sendo dois terços do dinheiro através de doações dos próprios aldeões e o restante do governo.

Embora em 2010 essa atitude tenha deixado de ser obrigatória, a tradição pegou e a maioria das pessoas continua a pratica-la.

1

944864_757571027675710_8694514472425904636_n-1

Piplantri-plantação-árvores-nascimento-menina

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Unknown

Fonte: CicloVivo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,275,963SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Funcionário da Gol antecipa voo de homem para transplante

No primeiro semestre de 2018, a Gol, através do programa Asas do Bem, transportou 757 órgãos gratuitamente. Em 2017, foram 1.335.

Atriz Eva Todor deixa fortuna para empregada, motorista e secretário

Neste domingo, o Brasil perdeu uma de suas atrizes mais conhecidas e queridas. Eva Todor, que atuou em novelas clássicas, como Roque Santeiro e...

Nadadora cega redescobre o amor pelo esporte graças ao seu cão-guia

Os animais são companheiros mais que fiéis para todos nós e estão do nosso lado, mesmo nos piores momentos. A história da nadadora Anastasia...

Filme brasileiro sobre educação ganha prêmio de melhor do ano em Los Angeles

Notícia boa para o cinema brasileiro! O longa "Nunca me Sonharam", dirigido por Cacau Rhoden e produzido pela Maria Farinha Filmes, ganhou o prêmio...

Conheça a cadeira de rodas que entra e sai do carro sozinha

Um simples toque na tela do celular desloca a cadeira de rodas até o porta-malas do carro.

Instagram

Nesta aldeia indiana, o nascimento de uma menina é celebrado com o plantio de 111 árvores 3