Neta cuida de avó desde o diagnóstico do Alzheimer: ‘Me chama de mãezinha’

A forma mais bonita de corresponder todo o amor recebido dos nossos pais e avós é poder cuidar deles quando eles necessitam.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ativista humanitária Jéssica Ribeiro, por exemplo, cuida da avó todos os dias desde o diagnóstico do Alzheimer.

Já faz algum tempo que os nossos papéis se inverteram, que você virou a minha menina e por vezes você me chama de minha mãezinha“, escreveu a jovem em um post compartilhado no Instagram.

neta cuida da avó com alzheimer

Na publicação, ela agradece pelo privilégio de poder cuidar da matriarca e retribuir tudo que avó fez por ela desde pequena.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu sou tão grata a Deus pelos nossos momentos de alegria, por estar aqui pra te retribuir todo o amor e cuidado que você um dia me doou. Te amo demais minha princesa, estarei com você até o fim ♥”, completou Jessica.

A fotografia compartilhada pela ativista também foi parar no Razões, onde rapidamente viralizou entre os internautas. Muitos aproveitaram a seção de comentários para deixar histórias semelhantes. Confira:

#1

#2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

#3

#4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

#5

Confira o post na íntegra:

Jéssica também tem um primo especial, que é cuidado por ela e sua avó desde que nasceu.

“Minha vó tem Alzheimer mas não esquece dele um só dia. Fica o dia todo assim com ele, doando carinho e amor. Ele não fala, a única palavra que ele pronuncia é “vóvó”. Ela me chama pelo nome da minha mãe porque já esqueceu o meu, ela é o amor da minha vida “, disse. Que lindo! 🥰

Fotos: Reprodução / Instagram: @jehribeiros

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,835,884SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Palmeirense cumpre aposta de doar sangue após time perder: “boa ação ameniza a tristeza”

"Se a gente não se unir e ficar só nesse mundinho, nesta raiva, a gente não vai conseguir sair do lugar"

Cachorro passa 2 dias acompanhando cadela que estava ferida em linha de trem

Impressionante como ainda existem pessoas que acreditam que os animais não sentem e não amam. Essa história prova justamente o contrário! O que aconteceu...

Projeto de retratos confronta estereótipos raciais e preconceitos

"People Are Equal" é um projeto de fotos instigante criado pelos brasileiros Tiago Abreu e Linus Oura. Com a ajuda de fotógrafos de todo o mundo,...

Programa de rádio transforma idosos de asilo em DJs amadores

Se a quarentena e o distanciamento social está difícil pra você, imagina para os idosos que vivem em casas de repouso e asilos Brasil...

Vaquinha do Razões leva miniusina de oxigênio a Manaus para salvar pacientes com Covid-19

O poder do coletivo é algo inexplicável mesmo! Iniciamos uma campanha muito importante para ajudar Manaus, que entrou em colapso há duas semanas, pela...

Instagram