Menino autista doa cofrinho para comprar cadeira de rodas para a avó

Sensibilizado pela necessidade da avó, que precisava de uma cadeira de rodas nova, seu neto, que é autista, ofertou seu cofrinho – onde guardava todas as suas economias – para que ela pudesse comprar uma cadeira nova.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O gesto de pura empatia de Miguel Arcanjo Santos, 6 anos, repercutiu nas redes sociais e tocou o coração de muitos internautas, que decidiram ajudá-lo a presentar a idosa.

Diagnosticado com o Transtorno do Espectro Autista aos 3 anos, o garoto estava juntando dinheiro para comprar um boneco do seu super-herói preferido, o Homem-Aranha.

Ao ver que a avó precisava de uma cadeira de rodas nova, Miguel abriu mão das moedas que juntava há dez meses para ajudar a ‘Vó Lindinha’, como é carinhosamente chamada. Ela mora em João Pessoa (PB), enquanto o neto e seus pais moram em Alagoa Grande, no brejo paraibano.

Menino autista doa cofrinho compra cadeiras de rodas avó
Foto: Éricka Pereira/ Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Certo dia, Miguel anunciou que abriria o cofre, mas informou aos pais que suas economias seriam gastas em outra coisa. Com toda a inocência da idade, disse que iria comprar uma cadeira de rodas novinha em folha para a avó, a pensionista Maria de Lourdes Pereira, 72 anos.

“Eu chorei demais. Se uma mãe já se orgulha de ter um filho, imagine um que tenha um coração desse. Não tenho palavras. Ele sempre foi assim, se tem um brinquedo não brinca sozinho, é tudo dele e dos amiguinhos”, contou Éricka.

Menino autista doa cofrinho compra cadeiras de rodas avó
Foto: Thamyres Máximo/TV Tambaú

Um boneco e uma cadeira de rodas de presente

Quando a história viralizou nas redes sociais, centenas de pessoas se comoveram com o grande coração de Miguel e decidiram ajudar a família. Ele e a avó foram presenteados com um boneco do Homem-Aranha e com uma cadeira de rodas.

Leia também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A quantia necessária foi levantada pelas redes sociais e o cofrinho do garoto permanece intacto!

Menino autista doa cofrinho compra cadeiras de rodas avó
Foto: Éricka Pereira/ Arquivo pessoal

Miguel e sua família vivem em uma casa simples e subsistem com um salário mínimo mensal. Ele faz terapia para lidar com o autismo, e assim como a avó, precisa tratar a diabetes e a cardiopatia no Sistema Único de Saúde (SUS).

Menino autista doa cofrinho compra cadeiras de rodas avó
Foto: Éricka Pereira / Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O menino já sabe o que fazer com as moedinhas do cofre. “Vou comprar alimentos para minha vozinha.”

“Eu amo meu neto, de coração. É um menino de ouro… Ele ensina todos os dias a fazer um mundo melhor e cheio de amor”, concluiu a avó.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,539SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Colegas de trabalho doam 330 dias de férias para funcionária cuidar de sua filha doente

E não foram apenas os funcionários mais próximos dela, mas, também, aqueles que ela sequer conhecia. A maioria doou de um a três dias. Ao todo, Nathalie ganhou 330 dias (quase um ano inteiro) para acompanhar o tratamento da filha.

Gerdau promoveu primeiro Hackathon de Construção Civil para comunidades no Brasil

A Gerdau apoiou entre os dias 17 e 19 de novembro, o primeiro Hackathon da construção civil para comunidades em Recife, o Hack.Habite, uma...

ONG faz campanha sobre crianças desaparecidas em sessões do filme ‘Procurando Dory’

A ONG Mães da Sé aproveitou a estreia do filme ‘Procurando Dory’ para lançar uma campanha, em parceria com 20 cinemas do país, que...

Startup ajuda fábricas a evitar desperdício e abastecer mercados em tempos de escassez

Sabe aquele panetone que não ficou bem redondinho? Ou o creme dental que teve a embalagem amassada? No controle de qualidade das fábricas, esses...

Instagram

Menino autista doa cofrinho para comprar cadeira de rodas para a avó 2