Início INSPIRAÇÃO Amor Neto ensina avô a mexer no Instagram e seu negócio decola!

Neto ensina avô a mexer no Instagram e seu negócio decola!

Um neto ensinou seu avô a mexer no Instagram e o resultado foi que o negócio de café do empresário conquistou clientes de várias partes do Brasil.

O estudante Eduardo Gonçalves Seidel, 16 anos, teve uma ideia simples para ajudar o Seu Francisco Gonçalves de Oliveira, 73 anos, a divulgar o café que ele produz, na cidade de Manhuaçu, Minas Gerais.

O garoto desenhou em um caderninho cada ícone da rede social e escreveu ao lado a função de cada um. Eduardo publicou no seu Twitter a foto do avô mexendo no Instagram junto com o caderninho e pouco tempo depois o post viralizou.

Coisa mais linda! Siga @cafesrchiquinho / vimos no @_poematizar

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

“A relação com meu avô sempre foi de muito carinho, da minha parte e da parte dele. Quando era criança ia para o café dele ajudar. Sabe como é criança, né? Tentava ajudar, mas acabava atrapalhando”, contou Eduardo, sorrindo, em conversa com o Razões para Acreditar.

Tempo de colheita do café da nossa região!

Uma publicação compartilhada por Café Sr. Chiquinho (@cafesrchiquinho) em

Ele ainda me dava dinheiro no final do dia, eu me sentia o máximo! Nossa relação é de muito carinho, amor e afeto.”

neto ensina avô mexer instagram negócio café

A página do Café Sr. Chiquinho no Instagram foi de pouquíssimos seguidores a mais de 20 mil assim que foto começou a circular na internet. Seu Francisco escreveu na biografia da página que produz um café de qualidade, tradicional e gourmet. ☕ ☕

Acompanhe nossa página e saboreie o melhor café ☕

Uma publicação compartilhada por Café Sr. Chiquinho (@cafesrchiquinho) em

“Meu avô pediu para eu criar um Instagram pra ele poder vender o café para outros estados, já que é um negócio bem regional. Ele queria que mais pessoas conhecessem. Eu postei a foto no Twitter e várias páginas começaram a postar o print. Foi inesperado, a gente ficou muito feliz”, disse Eduardo, que mora em Vitória, no Espírito Santo.

“Meu avô pirou, acho que ele não tem muita noção do que está acontecendo. Agora, muita gente está pedindo café. A empresa dele está crescendo.”

Confiram também nossa linha de Café Gourmet! ☕ Encomendas por direct! 📸: @spgabi

Uma publicação compartilhada por Café Sr. Chiquinho (@cafesrchiquinho) em

Seu Francisco aprendeu a mexer no Instagram, mas Eduardo está tendo que ajudá-lo a administrar os pedidos de café que não param de chegar. O neto virou o principal parceiro do avô no marketing digital do Café Sr. Chiquinho.

O adolescente responde o direct e os comentários nas publicações e também faz os posts divulgando o café do avô, mas sempre com a supervisão do Seu Francisco. Eduardo e Seu Francisco estão mais próximos do que nunca, apesar de morarem em estados diferentes. E essa é sem dúvida alguma a parte mais linda da história que acabamos de contar!

crédito das fotos: Reprodução/Twitter @edgseidel e Eduardo Gonçalves Seidel/Arquivo pessoal

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

982,395FãsCurtir
1,679,017SeguidoresSeguir
8,239SeguidoresSeguir
11,000InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Quem já comeu sabe o quanto o cará é saboroso. O tubérculo, que é bem parecido com o inhame, é rico em fibras e...

Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é...

Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

O futuro da medicina está cada vez mais próximo do presente. No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é...

Instagram