No litoral de SP, quem recolher lixo da praia ganha aula grátis de stand up paddle

Na cidade de Santos, no litoral sul de São Paulo, recolher lixo da praia não faz bem, apenas, para o meio ambiente. Mas também para o corpo. É que, por lá, os banhistas que catarem resíduos que estão largados ao léu na areia ganham uma aula de stand up paddle na faixa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A iniciativa, batizada de Surf Limpeza, é de Daniel Frank Tomaz, artista plástico nascido na cidade e praticante de stand up. Para participar, os interessados só precisam ser conscientes: basta recolher um copo de resíduos e levá-lo à barraca de Daniel, que fica montada à beira-mar, em frente ao número 36 da Avenida Vicente de Carvalho, no bairro do Boqueirão.

Leia também: A praia dos EUA que já foi depósito de lixo, hoje tem ‘areia de vidro’ e virou área de preservação ambiental

A “promoção do bem” acontece, há cerca de dois anos, sempre aos sábados e domingos, das 11h às 17h. E é um sucesso entre os banhistas, além de ajudar a deixar a praia mais bonita!

E não é só: para bancar financeiramente o Surf Limpeza, além de alugar pranchas de stand up paddle para quem (surpreendentemente!) não quer participar da iniciativa, Daniel também utiliza os resíduos entregues na barraca pelos banhistas para fazer esculturas que rementem à cidade de Santos. Assim, além de ajudar a limpar a região, ele também promove a consciência ambiental por meio de sua arte. É ou não é uma sacada e tanto?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Arquivo pessoal/Daniel Frank Tomaz

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,265,903SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto com câncer realiza seu sonho de ser jogador profissional por um dia

Gohan tem 13 anos, é colombiano que reside em Valência e seu maior sonho era ser jogador de futebol profissional. Infelizmente este garoto foi...

Brasileiras viajam o mundo em busca de mulheres empreendedoras com ações impactantes

Percorrer os cinco continentes para encontrar inspiração se tornou a missão de vida de Fernanda Moura e Taciana Mello. As brasileiras viajam o mundo...

Sem reclamar, filho de 3 anos acompanha pai em hospital

Existe sensação pior do que ficar doente e não ter ninguém pra cuidar da gente? Quando estamos doentes fisicamente, também ficamos fragilizados emocionalmente e...

Projeto quer romper estereótipos negativos da periferia através da fotografia

Acompanhando o cotidiano de diversas 'quebradas', coletivo paulistano quer romper os estereótipos ao redor da periferia através da fotografia. Fugindo de clichês e mergulhando neste universo,...

“Ele me ensinou a nunca desistir, pois não sabemos as coisas incríveis que uma criança cega pode fazer”

Ele tinha muito cabelo e eu me lembro de pensar que ele era o bebê mais lindo que eu já tinha visto. No dia...

Instagram