“Meu pai nunca saiu da minha vida e meu padrasto entrou e acrescentou”, disse a noiva

O momento da cerimônia do casamento é algo sempre muito especial para as noivas que idealizam este sonho. Para Ana Carolina foi ainda mais significativo porque ela subiu ao altar não apenas com uma, mas com duas pessoas importantíssimas na sua vida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não fazia sentido, porque meu pai nunca saiu da minha vida. E meu padrasto só entrou e acrescentou“, disse ela. 😍

A cena é linda de se ver. Ana entraria com o pai até a metade da igreja e depois iria continuar com o seu padrasto, mas ela decidiu que iria seguir com os dois até o altar e não contou nada pra ninguém, só revelou no momento. É possível ver ela dizendo à organização do cerimonial que iria seguir com os dois, mesmo com o espaço apertado, e assim ela foi. Todos ficaram surpresos. Veja!

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Não fazia sentido, porque meu pai nunca saiu da minha vida. E meu padrasto só entrou e acrescentou.”❤️ Via @cahfpassos

A post shared by Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) on

“Fiquei muito contente pelo gesto. Foi um sinal de bons frutos colhidos na nossa relação entre padrasto e enteada. Ter participado desse momento tão especial em que todas as noivas deixam reservado somente para quem é pai biológico foi um momento muito especial para mim”, disse o padrasto, Hamilton Carlos.

“No momento fiquei surpreso, e segui o rito, achei que foi um ato de muito reconhecimento do valor que tivemos em sua vida e que como cabe tanta gente dentro deste coraçãozinho. Gostei muito da forma que valoriza as pessoas“, disse o pai, Rogério Passos.

Noiva entrando em cerimônia de casamento de braços dados com pai e padrasto e convidados observando
Convidados ficaram maravilhados com iniciativa. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu simplesmente senti no meu coração que os dois eram especiais na minha vida. Eu demorei muito para tomar essa decisão pois não queria que nenhum dos dois se sentisse magoado com a minha escolha. Na semana do casamento eu assisti Gossip Girl e vi a Blair entrando com os dois pais dela, e naquele momento eu soube que era aquilo que eu devia fazer”, disse Carol.

O casamento selou uma união de 7 anos com Matheus Paschoalotto. Os dois engenheiros, que moravam em cidades diferentes, ela em Guaratinguetá e ele em São Bernardo dos Campos, se conheceram por causa de uma prima da Ana, a Fabiana, que foi o cupido da relação. “Na época eu não sabia que esse homem já tinha entrado na minha vida”, disse. ❤️

Noivos e casal em casamento
Carol com noivo, mãe e padrasto. Foto: Arquivo pessoal

Família vive relação harmoniosa

A relação da família sempre foi tranquila, o que ajudou a noiva a tomar a decisão sem mais problemas. Os pais de Carol se separaram quando ela tinha três anos de idade e o padrasto entrou na vida da família quando ela tinha apenas 5 anos de vida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O Hamilton sempre fez parte da minha vida, mas eu sempre soube que ele não era o meu pai biológico”, contou. O pai morava em Recife (PE), mas mantinha contato constante com a filha. “Mesmo longe, minha mãe sempre o fez estar muito presente na minha vida”, disse.

Criança e padrasto sentados em banco de praça e padrasto com gesso na perna e muleta
Carol convive com o padrasto desde os 5 anos de idade. Foto: Arquivo pessoal

Depois, Rogério se mudou para Goiânia (GO) e o contato ficou mais próximo. Ana Carolina conheceu a madrasta, Lisandra, e a irmã por parte de pai, Lorena. “Sempre tivemos uma ótima relação”, disse.

Ana também ganhou uma irmã por parte de mãe com o seu padrasto, a Sophia. “Meu padrasto sempre foi muito carinhoso e atencioso. Na adolescência eu fiquei mais rebelde e nossa relação não era das melhores. Depois veio a Sophia e tudo mudou. Eu deixei de ser a filha única e, depois de mais velha, eu entendi todo o cuidado que eles tiveram e hoje temos uma boa relação”, relatou.

O pai e o padrasto se conheceram no dia do casamento de Ana. “Eles só se encontraram no casamento e foram muito respeitosos um com o outro“, falou.

Noiva com o pai entrando na igreja e pai apertando a mão do padrasto
Pai e padrasto se conheceram no dia do casamento. Foto: Arquivo pessoal

“Eu acho que cada família é única, e que o mais importante é o respeito entre todos. Meu pai, minha madrasta, minhas irmãs, minha mãe e meu padrasto fazem parte da minha família. Não precisa forçar uma amizade entre eles, apenas viver todos em harmonia e respeito”, finalizou.

selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,763,858SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Antarctica lança música de Gonzaguinha censurada pela Ditadura Militar

Através de uma tecnologia inovadora, a música será lançada na voz do próprio compositor e músico, morto em 1991.

Idoso de 81 anos retorna ao trabalho após meses de isolamento: ‘A gente tava morrendo de saudade do senhor’

No início desta semana, o Sr. Antônio, 81 anos, pôde voltar ao trabalho presencial na Drogaria Vila Guarani, em São Paulo (SP), após um...

Jovem baiano constrói “Ferrari” apenas com sucata e tira onda

Não se fala em outra coisa em Paramirim, no sudoeste da Bahia.

De gandula a campeão brasileiro: como o boxe mudou a vida de Patrick Lourenço

Patrick começou sua carreira no boxe no Instituto Todos na Luta, apoiado pelo ator Malvino Salvador, e precisou superar muitos obstáculos até conquistar um vice-campeonato mundial e quatro títulos brasileiros.

Conheça Dudu Próspero: ele sobreviveu a uma doença grave, é funcionário concursado e tem duas graduações

Dudu Próspero tem duas graduações e é funcionário público concursado: inspiração!

Instagram