Noiva convida idoso que recebeu o coração do pai em transplante para levá-la até o altar

A norte-americana Jeni Stepien emocionou parentes e amigos quando entrou na igreja acompanhada pelo idoso que recebeu o coração do pai dela em um transplante.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela se casou no último sábado e, graças a Arthur Thomas, esse foi o melhor dia da sua vida, como ela mesma disse em entrevista ao jornal CBS News.

O pai de Jeni, Michael Stepien, morreu em 2006, na cidade de Swissvale, na Pensilvânia, Estados Unidos. O coração dele foi doado para Thomas, que esteve perto da morte.

“Eu estava à beira da morte quando Michael foi assassinado. Precisa de um coração ou ia morrer em poucos dias”, lembra Tom.

Dez anos depois, ele agradeceu o transplante levando a filha de Michael até o altar. Ele saiu de Nova Jersey até a Pensilvânia só para participar da cerimônia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Não imagino honra maior do que levar ao altar a filha o homem que me deu seu coração”, disse Tom.

Jeni convidou Tom para participar da cerimônia através de uma carta. Eles acabaram se conhecendo na véspera da cerimônia. “Estou grata que meu pai pôde estar aqui conosco em espírito e por uma parte de seu ser físico também. Isso foi muito especial para nós”, comemorou a jovem.

O vídeo que mostra Tom levando Jeni ao altar foi apresentado em diversos programas de televisão dos Estados Unidos. O caso repercutiu nas redes sociais e emocionou os internautas.

3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

4

5

1

2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de O GLOBO

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,056,852SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Coral de voluntários cantava em hospital quando se deparou com maestro famoso

Pra surpresa do grupo, Isaac Karabtchevsky, que fazia exames de rotina, se ofereceu para reger o coro em uma canção.

Porque toda mulher deve ser tratada com dignidade e respeito, mesmo quando puta

Jean Wyllys denuncia na Comissão de Humanos e Minorias a violência contra profissionais do sexo na cidade de Niterói, RJ. Assista ao vídeo:  

Campanha quer trazer família de refugiado político ao Brasil

Omana Ngandu quase foi fuzilado com outros homens perseguidos pela polícia da República Democrática do Congo, seu país natal. Omana tem grande influência no...

Menina trans manda recado contra o preconceito: “Eu não sou doente e você não pode me mudar”

Muitas crianças não se sentem confortáveis com o gênero que nasceram, e a maioria delas tem dificuldades para processar esse desconforto, já que a...

Instagram

Noiva convida idoso que recebeu o coração do pai em transplante para levá-la até o altar 3