Noiva grávida morre antes de entrar na igreja e noivo recebe apoio de amigos e desconhecidos

Ainda dentro do veículo, já na porta da igreja, a noiva e enfermeira Jéssica Guedes, de 30 anos e grávida de seis meses, passou mal neste último sábado, dia 14. Preocupado com a demora da mulher, o noivo e tenente da Polícia Militar, Flavio Gonçalves, foi até o carro, prestou os primeiros socorros e a encaminhou para um hospital próximo da igreja na Zona Norte de São Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Deste hospital, Jéssica teve que ser encaminhada para uma maternidade, no hospital Pro Mater (sem cobertura de qualquer convenio) onde foi submetida a um parto de emergência. A noiva não resistiu a cirurgia, teve morte cerebral após sofrer uma eclampsia, convulsões que ocorrem durante a gestação ou logo após o parto e que alteram a pressão arterial da gestante.

O bebê prematuro sobreviveu, chama Sophia, nasceu com apenas 1 quilo, mas passa bem. Sophia deve ficar internada pelos próximos três meses. A família optou pela doação dos órgãos da Jéssica.

“A Jéssica nunca teve problema de saúde”, afirmou um amigo da noiva que passou mal antes de entrar na igreja.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bahia (@tenente_bahia87) em 16 de Set, 2019 às 6:27 PDT

A Jéssica foi guerreira, deu a vida dela pela nossa filha”, disse o policial. Em publicação no seu Instagram, Flávio escreveu: “Esse é o ser mais iluminado que já conheci (…) sempre via em você uma excelente mãe, você estava me ensinando como tratar uma mulher. EU SEMPRE VOU TE AMAR.”

Noiva e noivo juntos
A noiva Jéssica e o policial Flávio estavam juntos há 7 anos Foto: Reprodução/Instagram

Policial tira foto com a barriga de seis meses da noiva
Jéssica estava grávida de seis meses. A bebê Sophia nasceu prematura Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após tragédia com a noiva, policial precisa de ajuda com os custos do hospital

O casal investiu todas suas economias no sonho do casamento e num curso que o Flávio fez para o GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais). Agora, o policial enfrenta as dificuldades de arcar com os custos do hospital, já que o seu convênio e nem o da Jéssica cobriram os custos da cirurgia e internação do bebê, que já alcançam mais de 20 mil reais em dívidas com o hospital.

“Importante que você estava feliz”, escreve noivo em publicação.

Noiva rindo com as madrinhas Noiva sendo maquiada para o casamento

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bahia (@tenente_bahia87) em 15 de Set, 2019 às 10:12 PDT

A história comoveu milhares de pessoas, entre eles, os amigos do casal Andréa Bulbarelli e Luciano Moreno, formando uma linda rede de solidariedade.

Apesar de ter uma vaquinha rolando, o amigo Luciano disponibilizou a conta do policial que precisa de ajuda e muita força nesta hora tão difícil. Abaixo, disponibilizamos a sua conta.

Flávio Gonçalves da Costa
230.502.378-21
Banco do Brasil
Ag 6804-7
Cc 49.919-6

Noiva abraça noivo após 30 dias separados
O casal ficou separado e sem contato por 30 dias, um pouco antes do casamento, enquanto Flávio realizava um curso para o GATE Foto: Reprodução/Instagram

Independentemente de ajuda financeira pedimos que todos em oração, de acordo com a fé de cada um, orem a Deus para que ele ajude esse guerreiro nesse momento de dor”, afirmou Luciano.

Também em seu Instagram, Flávio informou que o processo de doação dos órgãos tinha finalizado e que em breve, disponibilizaria o horário do funeral de Jéssica.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

beija-flor

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sem braços? Sem pernas? Sem problemas!

Se você é daqueles que desiste fácil ou nem tenta fazer algo por achar que não vai conseguir, eu acredito que seja válido você...

Irmãs, tia e mãe raspam o cabelo para apoiar jovem com câncer

Aos 16 anos, a paraibana Vitória Araújo foi diagnosticada com leucemia. A descoberta veio após meses de cansaço crônico, sangramentos repentinos na gengiva e...

Empresa de TI lança minimanual sobre diversidade no ambiente de trabalho

O que significa ter um ambiente de trabalho diverso? O que fazer para recrutar e manter pessoas de perfis diversos na empresa? Quais práticas...

Hopi Hari dá ingresso para menino ignorado pelo pai

O garoto mandou mensagens para o pai, mas foram ignoradas.

Avó faz vestido dos sonhos para sua neta

Seja por um vestido ou um bicho de pelúcias, muitas empresas conseguem encontrar formas criativas para transformar itens e personagens de desenhos animados em...

Instagram