Noiva se casa usando vestido tátil para que noivo cego possa ‘enxergá-la’ [VIDEO]

0
1365
Noiva se casa usando vestido tátil para que noivo cego possa 'enxergá-la' [VIDEO]

No dia do casamento, a noiva Kelly Anne Ferraro preparou uma surpresa para o futuro marido: ela confeccionou um vestido tátil, com vários tipos de tecido e desenhos em relevo para o amado, que é cego, permitindo que ele pudesse senti-la.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para a tarefa, Kelly buscou uma loja de vestidos sustentáveis, feitos com materiais reciclados. Assim que experimentou um com veludo, flores em relevo e diferentes tipos de pano, começou a chorar: ele ficou perfeito nela!

Noiva se casa usando vestido tátil para que noivo cego possa 'enxergá-la' [VIDEO] 1

No dia da cerimônia, durante a caminhada para o altar, Kelly não conteve a emoção.

Ao se aproximar do noivo, sussurrou em seu ouvido: “toque o vestido”. Foi a vez do noivo chorar. “Era como se eu pudesse vê-la”, contou ela à uma emissora dos EUA.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Anthony e Kelly se conheceram há quatro anos em um bar, com amigos em comum. “Anthony não tinha uma bengala e ninguém o guiava naquela noite. Então eu perguntei ofereci ajuda”, disse a jovem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O rapaz consegue enxergar relativamente bem em ambientes ao ar livre e iluminados, mas não vê em ambientes fechados.

Noiva se casa usando vestido tátil para que noivo cego possa 'enxergá-la' [VIDEO] 2

No bar, ela se ofereceu para ajudá-lo durante o encontro do grupo. “Eu pensei ‘essa garota é incrível'”, ele disse.

O primeiro encontro romântico ocorreu um mês depois: Anthony convidou Kelly para a estreia do documentário “A shot in the dark”, que conta sua história como um atleta cego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele treina a modalidade de luta livre e faz parte do time paralímpico de judô dos Estados Unidos! Olha que legal:

Logo no primeiro encontro, a norte-americana já preparou uma surpresa: comprou um vestido de veludo, agradável ao tato.

A atitude surpreendeu Anthony. “Ninguém com que eu saí antes teve esse cuidado”, contou. Depois desse dia, eles começaram a namorar – agora, menos de quatro anos depois, se casaram.

O atleta costuma viajar muito para participar de competições. Kelly passou a ser sua companheira. “Minha vida mudou depois dela. Eu viajava e não conseguia enxergar. Então ela descrevia as paisagens e se tornou meus olhos para o mundo.”

Assista ao vivo os ganhadores do Prêmio Razões para Acreditar, dia 07/12 às 18h! Ative as notificações clicando aqui.

Fonte: Upsocl
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.