Noivo interrompe casamento para declarar seu amor de pai pela enteada

1
1468

As montanhas da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, foram o cenário escolhido por Brian Scott e Whitney Kay realizarem o casamento de seus sonhos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tudo seguia perfeito, como a tradição dessa cerimônia, porém, foi quando Brian quebrou os protocolos, interrompendo o casamento para ler uma carta.

Essa carta era destinada a sua enteada Brielle, filha biológica de Whitney, de apenas 3 aninhos.

Como ele mesmo fala no vídeo, foi paixão à primeira vista quando a conheceu e ela não tinha nem um aninho ainda.

Você pode ver esse momento emocionante no vídeo abaixo, em que ele declara todo seu amor de pai pela menina, em como vai cuidar delas. Prepare os lencinhos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Assista:

2015-02-25-ScreenShot20150225at1.50.39PM 2621C24A00000578-0-image-a-45_1424986685547 Brian-Scott-2-26-vows brian-scott-569 set_wedding_stepdaughter_vows

Fonte: Best of Web

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

1 COMENTÁRIO

  1. AMOR DE UM PAI MUDA O MUNDO… .
    .
    Você sabe o que é ALIENAÇÃO PARENTAL?
    .
    Tentem imaginar a dor de um FILHO se tornar órfão de PAI ou MÃE vivos.
    Tentem imaginar a dor de um PAI, MÃE e AVÓS por estarem impedidos de acompanhar o desenvolvimento do filho e neto, devido as medidas protetivas.
    Tentem imaginar a dor dos AVÓS que são tão importantes na vida dos netos por estarem impedidos de dar o amor.
    .
    Peço
    licença para divulgar esta informação em sua página, é o que está acontecendo
    com a minha família devido o despreparo do judiciário com relação a ALIENAÇÃO
    PARENTAL, com a falsa acusação de abuso sexual devido a má utilização desta
    importantíssima lei Maria da Penha criada para proteger a mulher e a imputação
    de falsas memórias na criança.
    .
    Peço também que CURTAM e COMPARTILHEM com seus amigos esta informação…
    .
    PARA COMBATER A ALIENAÇÃO PARENTAL ESTE MAL QUE ATINGE NOSSAS FAMÍLIAS PRECISAMOS UNIR NOSSAS FORÇAS , DIVULGANDO, PARTICIPANDO DE FÓRUNS, CONGRESSOS, COMPARTILHANDO INFORMAÇÕES, SUGESTÕES, PALESTRAS, SEMINÁRIOS E ENCONTROS EM SUA CIDADE. JUNTOS SOMOS MILHARES DE PAIS, MÃES, AVÓS, TIOS, TIAS, PRIMOS E AMIGOS QUE ESTÃO NESTA LUTA JÁ CANSADOS, ALGUNS JÁ ESGOTADOS FINANCEIRAMENTE,
    FISICAMENTE, TESTADOS NO SEU LIMITE COM TANTA DEMORA E IMPUNIDADE, MAS JUNTOS SOMOS UM COM UMA FORÇA QUE DESCONHECEMOS COM O MESMO IDEAL.

    É difícil mas não é impossível, infelizmente só quem está enfrentando a alienação
    parental sabe o que é ficar afastado do filho, do neto a mercê do judiciário. .
    .
    – Vamos falar de como tratar as seqüelas nas crianças vítimas da alienação parental com a imputação de falsas memórias e nos familiares alienados também;
    – Das falsas denúncias de abuso sexual com o boletim de ocorrência de estupro de
    vulnerável, devido ao mau uso da importantíssima lei Maria da Penha criada para
    proteger a mulher;
    – Das medidas protetivas impostas afastando a criança do convívio com a família
    alienada principalmente dos avós;
    – Da importância de profissionais atualizados e qualificados; assistentes técnicos, psicólogos, juízes, advogados, promotores, desembargadores e conselho tutelar para estas mudanças que estão ocorrendo com as novas leis;
    – Da importância da presença do pai na vida dos filhos;
    – De como tratar a doença dos alienadores com a obrigação de realizar acompanhamento psicológico ou biopsicossocial para quem faz uma falsa denúncia desse tipo;
    – Da importância da agilidade do judiciário na aplicação da lei que em muitos casos
    é decisiva para inibir o abuso, na origem, ou atenuar seus efeitos, para os
    casos de falsas denúncias pelos alienadores e dos profissionais envolvidos na
    trama, pois a lentidão neste caso assemelha-se à total implosão da relação
    familiar que se tenta proteger.
    – De como tratar após o desfecho final do processo de todos os envolvidos alienados e alienadores devido as seqüelas deixadas e as feridas abertas para que
    cicatrizem..
    – De que enquanto tramitar o processo o juiz autorize que a criança envolvida e também o genitor alienador tenham acompanhamento por um psicólogo de confiança desse juiz, com as técnicas adequadas utilizadas por estes profissionais a mentira será descoberta, segundo estudos por especialistas o processo de entrevistas dura cerca de dois meses e envolve de cinco a oito entrevistas.

    Curtam e compartilhem: Amor de um pai muda o mundo

    https://www.facebook.com/Amor-de-um-Pai-muda-o-mundo-unidos-contra-a-aliena%C3%A7%C3%A3o-parental-906554906047770/timeline/

    “unidos
    contra a alienação parental, contra a falsa acusação de abuso sexual, contra a
    imputação de falsas memórias na criança”.

    Somos um…
    Desistir jamais.
    Boa sorte a todos.
    Fiquem com Deus.

    Ronaldo Gomes Manzaro

Comments are closed.