Cientistas descobrem nova espécie de peixe supercolorido que vive nas profundezas do mar

Dezenas de metros abaixo da superfície do Oceano Índico que banha as Maldivas, uma pequena nação tropical de 530 mil habitantes, há um verdadeiro ‘ser arco-íris’ vivendo na zona crepuscular do mar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Estamos falando da espécie de peixe apelidada de Rose-Veiled Fairy Wrasse, ou bodião-fada do véu rosa, que foi encontrado vivendo em grandes profundidades que variam de 40 a 70 metros abaixo da superfície.

O nome homenageia os deslumbrantes tons rosados do peixe, bem como a rosa – a flor nacional das Maldivas. “Finifenmaa” significa “rosa” na língua local Dhivehi.

Cientistas descobrem nova espécie de peixe supercolorido que vive nas profundezas do mar 2
O peixe bodião-fada do véu rosa ganhou o nome científico Cirrhilabrus finifenmaa.

Enquanto centenas de espécies prosperam nas águas próximas e ao redor da nação formada por 1.196 ilhas, este é o primeiro peixe a ser descoberto por um cientista das Maldivas – Ahmed Najeeb.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Seu estudo descrevendo o peixe foi publicado terça-feira (8) na revista ZooKeys.

“Sempre foram cientistas estrangeiros que descreveram espécies encontradas nas Maldivas sem muito envolvimento de cientistas locais, mesmo aqueles que são endêmicos das Maldivas”, disse o coautor do estudo Najeeb, biólogo do Instituto de Pesquisa Marinha das Maldivas, em um comunicado.

“Desta vez é diferente e fazer parte de algo novo foi realmente emocionante, especialmente ter a oportunidade de trabalhar ao lado dos melhores ictiólogos em uma espécie tão elegante e bonita”.

Cientistas descobrem nova espécie de peixe supercolorido que vive nas profundezas do mar 3

Espécies de peixes com nomes trocados

O peixe tem uma história de identidade equivocada. Os pesquisadores o encontraram pela primeira vez na década de 1990, mas pensaram que era um adulto pertencente à espécie Cirrhilabrus rubrisquamis, ou o bodião de veludo vermelho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esta espécie diferente só havia sido descrita a partir de um único peixe juvenil encontrado a mais de 1.000 km ao sul das Maldivas, no arquipélago de Chagos.

Sabe-se que os bodiões, uma família de peixes coloridos em grande parte brilhantes, mudam de cor à medida que passam de juvenis para adultos, disse o autor sênior do estudo Luiz Rocha, brasileiro e curador de ictiologia da Academia de Ciências da Califórnia.

Cientistas descobrem nova espécie de peixe supercolorido que vive nas profundezas do mar 4

Embora os bodiões juvenis de muitas espécies sejam parecidos, são os adultos que carregam características distintivas, disse ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Há alguns meses, Yi-Kai Tea (nosso primeiro autor) recebeu através de um veículo operado remotamente, imagens de Chagos mostrando adultos, que eram muito diferentes dos adultos das Maldivas”, disse Rocha. “Foi quando decidimos que a espécie das Maldivas era nova e diferente da anterior, a C. rubrisquamis.”

Em seu estudo, os pesquisadores se concentraram nos detalhes de adultos e juvenis, analisando a altura dos espinhos que sustentam suas barbatanas dorsais, contando escalas e catalogando as cores dos machos adultos.

Os machos adultos do bodião-fada do véu rosa têm um padrão de cores único, incluindo magenta brilhante, pêssego, rosa-alaranjado e vermelho-arroxeado escuro.

Cientistas descobrem nova espécie de peixe supercolorido que vive nas profundezas do mar 5

Descobrir que o finifenmaa e o rubrisquamis eram duas espécies distintas pode ajudar os cientistas a entender o alcance desses peixes, o que se torna especialmente importante ao tentar protegê-los.

“O que anteriormente pensávamos ser uma espécie de peixe difundida, na verdade são duas espécies diferentes, cada uma com uma distribuição potencialmente muito mais restrita”, disse o pesquisador Yi-Kai Tea, estudante de doutorado da Universidade de Sydney, em um comunicado.

“Isso exemplifica por que descrever novas espécies e taxonomia em geral é importante para a conservação e gestão da biodiversidade.”

O nome pode ser novo, mas o bodião-fada do véu rosa á é alvo do comércio de aquarismo.

“Embora a espécie seja bastante abundante e, portanto, não esteja atualmente em alto risco de super-exploração, ainda é inquietante quando um peixe já está sendo comercializado antes mesmo de ter um nome científico”, disse Rocha. “Isso fala de quanta biodiversidade ainda resta a ser descrita nos ecossistemas de recifes de corais”.

Fonte: GNN
Fotos: Luiz Rocha / Academia de Ciências da Califórnia

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Cientistas descobrem nova espécie de peixe supercolorido que vive nas profundezas do mar 7

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pela primeira vez, Zara faz campanha de marketing com modelo síndrome de Down

Uma ação de representatividade e respeito. A marca Zara, loja de roupas e acessórios, lançou peças de marketing com um garoto que possui síndrome...

Vídeo feito por portadores de Síndrome de Down procura acalmar as futuras mães de crianças com a mesma síndrome que eles

Uma mãe enviou um e-mail para uma organização de apoio à Síndrome de Down, a CoorDown, pois havia descoberto que seu filho tem a síndrome...

Alagoana aprovada em intercâmbio em Harvard consegue 200 bolsas de inglês online para estudantes do NE

Esse nosso Nordeste tem muita gente massa mesmo! A alagoana de Arapiraca, Natália Cecília Carvalho Ribeiro, 23 anos, já tinha enchido a gente de orgulho...

Gêmeas soltam balão com vários pedidos de Natal, desconhecido o encontra a 968 km e envia linda surpresa

As gêmeas Luna e Gianella Gonzalez, 4 anos, não imaginavam que o balão de gás hélio que elas soltaram no Natal, na cidade de...

Governo indiano lança absorventes biodegradáveis a preços acessíveis

Na semana passada o mundo inteiro comemorou o Dia Internacional da Mulher. Qual é a importância deste dia? Estimular e inspirar as pessoas e...

Instagram

Cientistas descobrem nova espécie de peixe supercolorido que vive nas profundezas do mar 8