O homem que alimentou 1 bilhão de pessoas, mas nunca quis que ninguém soubesse

Há pessoas tão extraordinárias no mundo, algumas são famosas outras, pelas mais diversas razões, deixam os seus feitos icônicos como presente para a humanidade, mas preferem ser discretos e até se constrangem com as homenagens e prêmios!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma dessas pessoas é o americano Norman Ernest Bourlag (1914-2009).

Ele foi o agrônomo considerado Patrono da Revolução Verde, que criou técnicas de alterações nos grãos e aprimorou o cultivo deles nos anos 50 e 60 em diante. Suas pesquisas originaram nada menos do que a duplicação da produção desses grãos e especialistas calculam que desde que ele pôs as suas ideias em prática, foram salvas cerca de 1 bilhão de vidas!

Isso mesmo, um sexto da humanidade come devido aos estudos dele. Todos os dias, sem falar no próximo bilhão que nascerá ao longo do tempo. Ele salvou vidas especialmente nos países subdesenvolvidos, ganhou um Nobel e diversas honrarias, mas sempre foi avesso a entrevistas e tão humilde que causava espanto nos amigos.

Se você quer ler sobre o instituto que ele deixou para a continuidade desses estudos, clique aqui: Norman Ernest Bourlag Institute

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esse é o facebook que honra a memória dele: Norman Ernest Bourlag Foundation

Lindo demais, né?

Suas palavras sempre foram: não há paz, com estômagos vazios.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,279,775SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

O cobrador de ônibus que disponibiliza um acervo de 8 mil livros para passageiros lerem durante o trajeto

Conheçam o cobrador de ônibus de Brasília Antônio da Conceição, que criou o "Cultura no ônibus", projeto que disponibiliza um acervo de livros para que...

Menino que vende tamboretes para ajudar mãe tem dinheiro roubado e desconhecidos se mobilizam para ajudá-lo

Lucas ficou arrasado quando, na sexta-feira passada, um assaltante roubou o dinheiro dos tamboretes que ele vendeu naquele dia com muito custo: cerca de 40 reais. O vídeo dele contando a história viralizou.

Estudante de medicina à beira da morte descobre cura para a própria doença

Acamado, David Fajgenbaum examinou ponto a ponto seus prontuários e descobriu algo que havia passado despercebido pelos médicos.

Jovens mexicanos criam inovadora pele orgânica feita de cacto: adeus ao couro animal!

Batizado de 'Lineapelle', o tecido é uma mistura de cacto e algodão, e pode ser manuseado em diferentes espessuras, sendo respirável e com validade de dez anos.

Mini usina hidrelétrica economiza R$ 500 na conta de luz

Já imaginou que maravilha economizar até 500 reais na conta de luz todo mês?

Instagram

O homem que alimentou 1 bilhão de pessoas, mas nunca quis que ninguém soubesse 2