O novo centro comunitário da Califórnia é um exemplo de arquitetura verde, econômica e eficaz

Durante décadas, os moradores de uma cidade rural no Condado de Napa, Yountville, Califórnia contavam com um salão pequeno do período de 1920 e alguns outros espaços alugados para sediar os eventos da comunidade. A sala estava necessitando de uma renovação. Era incapaz de apoiar as aulas de arte e era carente de espaços de recreação ao ar livre. Em 1998, após levantamento de necessidades dos residentes, o município iniciou um processo de planejamento para um centro de cidade expandido no coração da cidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O centro de cidade de Yountville abriu em novembro de 2009, exibindo novos edifícios e salas ao ar livre. Desenhado por Siegel & Strain Architects e localizado em uma área de 2,5 hectares na rua principal de Yountville, o centro da cidade é composto de um novo centro de comunidade de 10.000 metros quadrados, o Salão da Comunidade renovado de 4.800 metros quadrados e adicionado a subestação do Xerife para os correios adjacentes. O novo centro comunitário abriga uma biblioteca, sala polivalente, centro de adolescentes, salas de reunião e espaços do programa.

centro-verde-1 centro-verde-2 centro-verde-3

Exteriores do edifício misturam-se com o caráter rural, enquanto no interior, os espaços são luminosos e arejados. A grande sala polivalente é iluminada ao longo da coluna vertebral do telhado por uma claraboia. Uma combinação única de treliças e cabos permite que o sistema de apoio estrutural do telhado tenha uma presença mínima na sala e evita bloquear a luz de cima. Uma varanda grande, coberta de cedro vermelho dos dois lados da Praça da Cidade se conecta ao Hall Comunitário e ao Centro Comunitário, fornecendo sombra no verão. As portas se estendem da sala polivalente para o pátio de churrasco adjacente.

Direcionado para conseguir uma classificação LEED Platinum do US Green Building Council e alcançar economias de energia de 44%, o projeto integra uma gama de características verdes. Calçadas e ciclovias que ligam o centro aos bairros vizinhos e ruas principais. Toldos exteriores e “cool” telhados de metal reduzem o consumo de energia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

centro-verde-4 centro-verde-5 centro-verde-7

Eficientes sistemas mecânicos são integrados com bombas de calor para aquecimento e arrefecimento. Uma construção de sistema de gestão integrado aproveita o clima temperado, abrindo janelas e claraboias em dias com temperaturas amenas. Claraboias operáveis, controladas por sensores de CO2 e chuva e janelas operáveis fornecem ventilação natural e iluminação natural.

Canalizações de conservação de água, colhem a água da chuva e usam como irrigação por gotejamento, irrigação subsuperficial e plantas nativas tolerantes à seca reduzem o consumo de água. Materiais de construção foram selecionados para minimizar os impactos do ciclo de vida e fornecer luz e interiores arejados. Edifícios apresentam telhados de metal e telhas de conteúdo de fibra de cimento, durável, reciclado. Revestimento de cedro vermelho do novo edifício e protetores solares de cedro amarelo do Alasca. Mais 75% da madeira é certificada pelo Forest Stewardship Council.

Sustentabilidade não pode ter sido relatada como parte da visão original, mas o desejo de incorporar o design verde cresceu ao longo do tempo, defendido por ambos os líderes cívicos e a Comunidade. Agora Yountville tem uma nova “varanda da frente,” reunindo moradores de todas as idades, enquanto mistura um vernáculo agrário com práticas sustentáveis.

centro-verde-8

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,827,226SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Instituto transforma salas de exames e quimioterapia em ‘aquários’ para crianças

“Devido ao grande tempo que as crianças passam no hospital, horas, anos, decidiu-se humanizar os ambientes”, explica Laurenice, do Instituto Desiderata.

Após anos sem se ver, elas se reencontraram e descobriram o amor

Depois do reencontro, elas não conseguiam mais se ver longe uma da outra.

A cada hambúrguer vendido, essa hamburgueria complementa uma refeição para quem precisa

A hamburgueria Doug’s fechou uma parceria bem legal com a ONG Banco de Alimentos. A cada hambúrguer vendido, a hamburgueria complementa uma refeição para pessoas...

Plataforma digital une pessoas através da criação de iniciativas colaborativas em rede

Quem adora tecnologia, vai adorar essa novidade. A partir do dia 1º de junho, a Coletivo Trama lança uma plataforma digital para unir a criação de...

A forma como ele encarou a necessidade de amputar a perna é uma verdadeira lição de vida

O que você faria se recebesse a notícia de que precisaria amputar um de seus pés? O usuário do Reddit rightfooted descobriu que teria que amputar...

Instagram