O significado maior da aprovação de Maria Clara, travesti e negra, na Universidade Federal de Pernambuco

Recentemente, Maria Clara Araújo, 18 anos, publicou em sua conta no facebook um manifesto pela igualdade, contando um pouco de sua vida até chegar ao momento atual: foi uma das mais de 6 mil aprovadas na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para vagas na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Mas não trata-se de qualquer vitória: ela pôde usar o seu nome social para participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Maria Clara é travesti e negra, e tem muito orgulho disso.

Isso é um grande passo para que mais e mais travestis e transexuais ganhem voz, seja ele em qual hábito for, leia na íntegra seu manifesto aqui:

Seu post rendeu muito mais do que comentários e likes, repercutiu nacionalmente, e Maria Clara tem mostrado maturidade e muita integridade ao tratar do assunto de travestis no âmbito educacional. O Canal das Bee, que já postamos algumas vezes aqui, fez um vídeo com ela conversando sobre tudo isso e ainda sobre a grande importância que sua mãe exerce em sua vida, com seu apoio incondicional, assistam e segurem a emoção:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lindo né? E em nossa busca pela internet, encontramos ainda uma reportagem do site Pernambuco.com falando sobre sua vitória no vestibular e o que isso impacta na sociedade, vale a pena o clique:

A tatuagem cravada para sempre no peito de Maria Clara Araújo manda a mensagem. “Não se nasce mulher, torna-se uma”.

11001903_837780199598115_3490390278246974913_n

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela espera ainda que sua história propicie uma mudança para mais do que necessária no cenário estudantil brasileiro. “Eu, travesti, não sou igual a você. Eu, travesti, além de ter batalhado por minha entrada, a partir de agora irei batalhar por minha permanência. Optei por Pedagogia com a esperança de poder ser um diferencial. De finalmente pautar a busca por uma educação que nos liberta e não mais nos acorrente. A escolha é apenas uma: lutar ou lutar. E eu, Maria Clara Araújo, escolhi ser um símbolo de força. A revolução será travesti!”.

Não temos dúvida Maria Clara! Continue assim! Linda, guerreira, muito sabida (já dizia minha mãe) e com esse sorriso que ilumina o mundo! <3

Foto: Reprodução Facebook / Com informações do Brasil Post e G1.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







O significado maior da aprovação de Maria Clara, travesti e negra, na Universidade Federal de Pernambuco 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,081,440SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Empresário cria casas compartilhadas para comer, trabalhar, aprender e lavar roupa em SP

Com apenas 34 anos, o empresário Wolf Menke, de Paulínia, interior de SP, está  transformando o bairro de Pinheiros, em São Paulo, com quatro empreendimentos de economia compartilhada. Com...

Mãe cria aparelhos auditivos divertidos para ajudar filho que sofria bullying

Milhões de pessoas no mundo utilizam aparelhos auditivos, porém, quando se é criança, o uso de certos acessórios pode não ser tão simples e...

Jovem troca festa de 15 anos por doação de cestas básicas a famílias necessitadas

A jovem Maria Clara decidiu trocar a tão sonhada festa de debutante por uma ação solidária: doou 60 cestas básicas a famílias carentes do município...

‘Cidades Inteligentes’ une arte e comunidade para transformar passarela de SP

A passarela que passa sobre a linha 8 Diamante da CPTM, no bairro Água Branca, vai ganhar uma nova cara com assinatura do grafiteiro Enivo e de jovens participantes do projeto.

Projeto social ensina programação e ajuda integrar refugiados ao mercado de trabalho brasileiro (RJ)

Conheça o projeto Toti, escola de programação que promove educação e inserção profissional na área de Tecnologia da Informação para comunidades de refugiados.

Instagram

O significado maior da aprovação de Maria Clara, travesti e negra, na Universidade Federal de Pernambuco 4