OAB do Ceará faz história ao conceder primeira carteira a homem trans

Pela primeira vez em 89 anos, a entidade máxima de representação e regulamentação da advocacia brasileira – a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – entregou uma carteira com nome social a um homem trans, o advogado Murilo Gonçalves.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O bacharel atua na área desde 2013. Nesse meio tempo, passou pelo processo de transição de gênero e solicitou à Ordem o documento com o nome social – integralmente atendido, sem ressalvas.

Para ele, trata-se de um “momento emblemático para a Ordem dos Advogados do Brasil”.

Leia também: Caminhoneira trans Afrodite estrela campanha da Shell pela diversidade

Murilo conta que o presidente da OAB-Ceará, Erinaldo Dantas, ‘foi sensível ao seu pedido’. “Sou muito grato por isso”, comentou o advogado, enfatizando que a Ordem é ‘um espaço plural’.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pela primeira vez, OAB concede carteira a homens trans no Ceará
Murilo Gonçalves (à esquerda) recebe do presidente da entidade, Erinaldo Dantas, a carteira da Ordem. Foto: Portal OAB-CE

Na última quarta-feira, 5, ocorreu a entrega da carteira. No discurso de aceitação, Murilo disse: “Estou representando, aqui, todo aquele que não tem voz e vez. Todas as minorias que não se vêem em locais de destaque.”

A OAB-Ceará reafirmou ‘o compromisso de inclusão e de estar sempre lutando por uma sociedade igualitária’. Para o presidente Dantas, este é um marco importante. “Somos plurais, somos muito mais! Estou muito feliz em ter realizado a primeira entrega de carteira para transgênero”, destacou.

No evento de entrega das carteiras, outros 45 advogados receberam a “vermelhinha”.

Erinaldo Dantas chamou atenção para ‘os gestos simples, como esse, e que são capazes de mudar a vida das pessoas’. “Estamos sendo aquilo que todos devem ser. Infelizmente, ainda há uma cultura de não respeitar aquilo que é diferente da gente. Mas a beleza do mundo está exatamente nisso, nas diferenças. É preciso respeitar a diversidade e entender que, com ela, temos a oportunidade de aprender mais e crescer enquanto seres humanos”, declarou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já Murilo incentivou os 45 novos advogados que receberam a carteira vermelha, e recomendou: “Sejam sensíveis às causas sociais, àqueles que não podem recorrer à Justiça. Precisamos entender que a advocacia é função essencial à Justiça. Nós podemos ser e devemos ser vetores de modificação social.”

Leia também: Gianmarco Negri é eleito o primeiro prefeito transgênero da Itália

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Estadão/Foto: Portal OAB-CE

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,387SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Participe do bate papo sobre como superar a opressão no trabalho e tirar lições disso

Poder. O que essa palavra significa pra você? Qual é o sentido de empoderar-se? E mais, quais são as armadilhas escondidas por trás dessas...

Jovem se torna 1ª pessoa com síndrome de Down a se qualificar como montador de andaimes

Três anos atrás, Todd Scanlon, 32 anos, recebeu um curso de montador de andaimes de seu amigo Martyn Coles em sua empresa, a Coles...

Amizade fiel: Assistam ao reencontro de um bode e um burro que haviam sido separados

O bode Mr G.  e o burro Jellybean são amigos inseparáveis, sempre conviveram juntos e em total harmonia durante anos, até que o Mr....

Jovem gay compartilha no YouTube a experiência de ser pai aos 19 anos

Charles adotou a pequena Maria Ysis e diz estar amando a experiência de ser pai, mesmo tão novo.

Bombeiro à paisana salva família de afogamento após acidente de carro

Algumas profissões exigem nossa bravura até mesmo quando não estamos em serviço. É o caso de Masuku, um bombeiro e paramédico de 32 anos,...

Instagram

OAB do Ceará faz história ao conceder primeira carteira a homem trans 2