Obstetra confecciona à mão mantas para cobrir os bebês que ele traz ao mundo

O médico obstetra Erik Bostrom, 33 anos, não tinha experiência alguma com costura ou mesmo uma costureira na família que pudesse lhe ajudar com uma ideia que teve para oferecer mais conforto aos bebês que trazia ao mundo em seus costumeiros partos no Minnessota, Estados Unidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele decidiu comprar uma máquina de costura usada e aprendeu a confeccionar mimos para seus pacientes. Em entrevista ao canal Fox 9, o obstetra afirmou que começou essa ‘tradição’ após ingressar na equipe médica do Centro de Cuidados Médicos Riverwood, em Aitkin.

A ideia foi sugestão de uma enfermeira para trazer mais segurança para o papai e a mamãe do recém-nascido. Só que Erik não sabia costurar – a não ser pontos de cirurgia -, mas ele não desanimou, e com a ajuda de uma conhecida, aprendeu a confeccionar mantas em tamanho miniatura para os bebês. “Na realidade, não é tão difícil como eu pensava”, afirmou.

Obstetra confecciona à mão mantas para cobrir os bebês que ele traz ao mundo
As mantinhas levam nome, data de nascimento, peso e altura do bebê

Dois anos após começar a ‘tradição das mantas’, o obstetra tem dominado a arte da costura aos poucos. Ele expandiu suas habilidades e passou a incluir, também, bordados. Agora, as mantinhas são personalizadas: levam nome, data de nascimento, peso e altura do bebê.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Erik gostou tanto desse hobbie que reservou um quarto inteiro de casa só pra isso. 😍

Obstetra confecciona à mão mantas para cobrir os bebês que ele traz ao mundo

As mamães adoraram a iniciativa. “É um lindo cobertor. É algo que ela vai valorizar por toda a vida”, declarou Lacie Hietalati. “Ele usa o tempo livre para fazer isso por seus pacientes. Isso é demais”, completa. Ela afirma que o presente ajudou a aliviar seu estresse no hospital, e tem mais certeza ainda de que escolheu o médico certo.

Erik leva em média três horas para confeccionar uma manta; geralmente, ele presenteia dois bebês por mês com o presente. “Os pacientes costumam ficar super agradecidos”, finaliza.

Leia também: Médico conforta bebê de mãe solo enquanto ela estava na emergência

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Aleteia/Fotos: Reprodução/Fox 9

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Feita do bagaço da laranja, seda vegana viabiliza criação de tecidos sustentáveis

Dados cruzados entre diferentes ONGs de apoio à causa ambiental apontam que a indústria da moda ocupa atualmente o segundo lugar no ranking das...

‘Drag Síndrome’: pessoas com Down conectam-se à arte drag e mostram ao mundo quem são

A rede britânica de televisão BBC divulgou recentemente um documentário que mostra a vida de pessoas com síndrome de Down que encontraram na arte...

Youtuber de canal sobre beleza emociona seguidores ao revelar ser tetraplégica

Quantos vídeos ensinando a fazer maquiagem vocês já não viram no Youtube? A inglesa Jordan Bone poderia ser como muitas dessas meninas que falam sobre truques...

Documentário mostra como mulheres bikers estão quebrando paradigma no Afeganistão

Quão importante é nosso direito de ir e vir? E o valor que damos à nossa liberdade? Até que ponto as escolhas são nossas? Acredito que são estas respostas...

Quokka, o animal mais de bem com a vida e simpático de todos os tempos

O Quokka é um pequeno mamífero que vive na Austrália (sim, parece um pouco como um koala). Não é muito conhecido no mundo, mas...

Instagram