Oficina de “desprincesamento” combate o sexismo e empodera meninas no Chile

A oficina de “desprincesamento”, criada pelo Escritório de Proteção de Direitos da Infância de Iquique, no norte do Chile, é uma forma de empoderar as meninas, que, historicamente, são educadas para serem como algumas princesas da Disney: indefesas e dependentes de um “príncipe encantado”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Buscamos dar a elas ferramentas para que elas cresçam como meninas livres de preconceitos, empoderadas e com a convicção de que são capazes de mudar o mundo, e que não precisam de um homem do lado para isso”, explica o coordenador do Escritório de Proteção de Direitos da Infância do município, Yury Bustamante, ao Mirador de Atarfe.

As atividades são divididas em seis módulos na Casa de Cultura da cidade. São realizados debates, aulas de defesa pessoal, cantorias e atividades manuais. O objetivo é fazer com que as meninas reflitam sobre o que é ser mulher. “A ideia é por em questão as ideias legitimadas pelos contos de fadas e pelos filmes clássicos da Disney, entre outras expressões”, afirma o La Voz.

Bustamante também disse ao jornal que deseja “abrir espaços de discussão com as meninas sobre desigualdade de gênero, mas com elementos que elas possam identificar, para que elas tenham uma oportunidade de incorporar outros elementos na construção de sua identidade como meninas”.

E o programa tem feito bastante sucesso: as 20 vagas disponibilizadas foram rapidamente preenchidas e já tem lista de espera para novas turmas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

chile1

chile2

chile3

chile4

chile5

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

chile6

chile7

chile8

Fotos: Desprincesamiento em Iquique

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,491,052SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Como viajar por um ano pode, de repente, traduzir o que é felicidade

Antes de começar a ler, dá um play nessa música: Sem pompas nem visões nem excitação maior que já sentida outras vezes nesta vida, ontem...

Usando um cartaz, um pai diz não à guerra entre Irã e Israel

Criado por uma pai de família e cidadão de Israel, esse homem de 41 anos resolveu demonstrar seu amor para com seus companheiros do...

Serasa busca profissional para viajar o país colhendo histórias de realidade financeira

Temporada de um ano oferece salário total de R$100 mil, além de transporte, hospedagem, alimentação e plano de saúde.

LG Manaus doa todo seu estoque de oxigênio para salvar pacientes com coronavírus

A fábrica da LG em Manaus doou todo o seu estoque de oxigênio para os hospitais da cidade, que pedem socorro. E nós, do...

Agência em SP incentiva 33 horas de trabalho por semana

Nunca se falou tanto sobre qualidade de vida durante o trabalho como nos dias de hoje, talvez porque muita gente tem percebido que também...

Instagram