OMS não considera mais a transexualidade como doença mental

Demorou muito tempo, já estava mais do que na hora, então vamos comemorar: a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a transexualidade da lista de doenças mentais da Organização das Nações Unidas (ONU).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A OMS publicou na segunda-feira (18) uma nova edição da Classificação Estatística de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID), segundo informações dos sites HUFFPOST Brasil e UNIVERSA.

Após 28 anos, a transexualidade, antes entendia como “transtorno de identidade de gênero”, deixa de ser uma “doença mental”, embora continue no catálogo como “incongruência de gênero”.

A transexualidade aparece em um novo capítulo, cujo título é “condições relacionadas à saúde sexual” – a atualização foi batizada de CID-11, substituindo a CID-10. Na edição anterior do catálogo, o termo aparecia no capítulo sobre “transtornos de personalidade e comportamento”, em um subcapítulo intitulado “transtornos de identidade de gênero”.

“O raciocínio é que as evidências agora são claras de que a incongruência de gênero não é um transtorno mental, e classificá-la desta maneira causa enorme estigma para as pessoas transgênero. Ainda há necessidades significativas de cuidados da saúde para que os transexuais sejam melhor atendidos se a condição for codificada sob o CID”, explicou Lale Say, coordenadora da Equipe de Adolescentes e Populações em Risco da OMS.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

oms retira transexualidade lista doenças mentais
Uma conquista de anos de luta do movimento trans

A mudança é resultado de 10 anos de estudos de especialistas ligados à OMS que analisaram informações científicas para criar um novo padrão que pudesse ser usado por profissionais da saúde de países do mundo inteiro – cada país precisa se adaptar à nova CID até 1º de janeiro de 2022.

A versão anterior do CID foi publicada em maio de 1990, ano em que o termo “homossexualismo” saiu da classificação e deixou de ser considerado uma doença. Isso aconteceu no dia 17 de maio, que depois se transformou no Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia.

Abaixo, confira um vídeo bem bacana do Canal das Bee sobre o tema “Transexualidade e Saúde”:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto © Mídia Ninja/Reprodução

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,771FãsCurtir
1,921,121SeguidoresSeguir
9,382SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Coronavírus ‘sela paz’ entre palestinos e israelenses: saúde é prioridade máxima!

Há anos o mundo não via um encontro pacífico entre palestinos e israelenses. A Autoridade Palestina e Israel sentaram na mesma mesa para firmar...

Instagram