ONG ‘aluga’ casinhas de doce para ajudar sem-tetos de NY

A ONG americana Robin Hood, que ajuda sem-tetos em Nova York, se inspirou no modelo Airbnb para arrecadar doações neste fim de ano. O GingerbreadBNB oferece uma hospedagem (fictícia) em casas feitas de doces. Para escolher o valor da doação, basta definir a quantidade de noites desejada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

São três modelos de casas. Cada uma delas tem sua personalidade, assim o interessado escolhe o “pacote de doação” que mais se identificar. Para cativar mais doadores, a historinha é completa, tem até resenhas para cada uma das casas. Contar histórias é sempre uma boa maneira de deixar as coisas mais tangíveis.

De acordo a ONG, a cada US$ 100 arrecadados com o aluguel das casinhas e possível pagar a diária de uma noite para uma família. Cerca de 58 mil pessoas procuram abrigos temporários em Nova York todas as noites.

casinha-de-doce1 casinha-de-doce2 casinha-de-doce4 casinha-de-doce5 casinha-de-doce6 casinha-de-doce31

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Via Catraca Livre.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







ONG 'aluga' casinhas de doce para ajudar sem-tetos de NY 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,082,682SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Iniciativa leva educação alimentar para crianças

Há uns meses atrás acompanhamos a iniciativa de uma marca de margarina em reduzir o colesterol de toda uma cidade, mas mais do que...

Após casa de idoso ser ofendida por adolescentes, comunidade faz grande surpresa para ajudar

Tudo começou no mês passado, depois que dois adolescentes em Pendleton, Oregon, insultaram um homem de 75 anos de idade sobre a condição de sua...

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção

Entre as peças, estão blazers feitos a partir de lonas descartadas de barcos e bolsas que utilizam como matéria-prima redes de pescas.

Médico fica depois do plantão para atender paciente idosa que aguardou horas em fila

O atendimento empático e atencioso do médico conquistou a paciente e sua filha, que relatou o caso nas redes sociais.

Com ajuda de vaquinha, vendedor de salgados humilhado por cliente abre sua própria lanchonete!

Vocês lembram da história do Rafael? Ele começou a fazer salgados para sustentar a família nesta pandemia, mas logo nos primeiros dias, foi humilhado...

Instagram

ONG 'aluga' casinhas de doce para ajudar sem-tetos de NY 4