ONGs recolhem flores que iam para o lixo e transformam em arranjos para alegrar idosos em asilos

Quem nunca admirou as flores usadas para decorar uma festa? Tão lindas, mas geralmente descartadas rapidamente, sem nem ter chance de alegrarem por mais tempo o dia das pessoas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Porém, iniciativas como a Flor Gentil e a Flor Faz Bem mudaram isso, tornando a vida das flores e das pessoas melhores!

Apóes a luzes apagarem nos salões, elas recolhem as flores e doam pra asilos e outras instituições. Esse gesto simples leva tanta alegria aos idosos que sorriem e exibem felizes seus arranjos, que é inegável o poder dessas flores que iam para o lixo e agora viram presentes e lembranças para quem mais precisa de carinho.

Moradora do Asilo Padre Cacique, em Porto Alegre, ganhou flores (Foto: Vini Dalla Rosa/ Divulgação)
Moradora do Asilo Padre Cacique, em Porto Alegre, ganhou flores (Foto: Vini Dalla Rosa/ Divulgação)

Pioneira no Brasil, a iniciativa naceu com a florista Helena Lunardelli há cinco anos. Ela estava passando por um momento de crise existencial e queria fazer algo diferente de sua vida, algo, principalmente, que tivesse algum impacto social.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um dia, escutando reclamações e desabafos de faxineiros após uma festa, sobre como era triste ver arranjos tão bonitos irem para o lixo ou até mesmo sobre o fato de um deles não ter tido dinheiro para comprar flores para seu próprio casamento ela percebeu ali a oportunida que tanto procurava.

Helena Lunardelli entregando pessoalmente as flores do projeto Flor Gentil (Foto: Divulgação)
Helena Lunardelli entregando pessoalmente as flores do projeto Flor Gentil (Foto: Divulgação)

Hoje, a Flor Gentil visita 26 casas quinzenalmente e recebe doações de 348 distribuidores distintos, entre floristas, pessoas físicas, buffets e outras instituições. A ONG conta com 2.110 voluntários inscritos, que além de ajudar fazendo o bem, também tornam-se capacitados profissionalmente para atuarem como floristas no mercado de trabalho.

“O que eu mais gosto é entregar. A gente acaba se apegando aos senhores, ouvindo as histórias. É muito legal essa conexão que a flor nos proporciona”, conclui Helena.

Já em Porto Alegre, a Flor Faz Bem, sob o comando da Jaqueline, atua há apenas sete meses e por isso ainda precisa de mais voluntários frequentes. Muitas vezes apenas Jaqueline e a sócia, Claudia Bopp, ficam a cargo de buscar as flores, fazer os arranjos e entregar nos asilos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Claudia Bopp e Jaqueline Pegoraro com a mão na massa (Foto: Poa Vini Dalla Rosa/ Divulgação)
Claudia Bopp e Jaqueline Pegoraro com a mão na massa (Foto: Poa Vini Dalla Rosa/ Divulgação)

Inscreva-se pra ajudar e saber mais dessas lindas iniciativas.

São Paulo: Flor Gentil http://www.florgentil.com.br/

Porto Alegre: Flor Faz Bem [email protected]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

(Foto: Poa Vini Dalla Rosa/ Divulgação)
(Foto: Poa Vini Dalla Rosa/ Divulgação)

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem com síndrome de Down emociona mãe ao ser aprovado na faculdade de Direito

Eridam Vasconcelos deu seu melhor para William se desenvolver até ser aprovado no concorrido vestibular para Direito.

Camareira recebe bilhete de agradecimento pelo serviço prestado

“Muito agradecida pelo cuidado com o quarto e minhas coisas! Até a próxima!!!”

Organização cria série emocionante de fotos para incentivar adoção de crianças

Diariamente 1.200 crianças são deixadas para adoção nos Estados Unidos, segundo a Together We Rise, uma instituição que auxilia orfanatos e centros de adoções. Para diminuir este número...

Com tetos solares, bairro alemão já produz quatro vezes mais energia do que consome

Alguém ainda tem dúvida de que esse é o caminho? Limpa, segura e abundante, a energia solar está, sem dúvida, entre os mais sustentáveis e...

Instagram