Operário aposentado de 93 anos conclui curso de direito na Paraíba

O operário aposentado Djalma Araújo já viu e viveu de tudo um pouco nesta vida. Mas, fome e vontade de aprender coisas novas é o que não faltam a ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Djalma conclui neste mês, de forma honorária, o curso de direito no campus III da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB): aos 93 anos! Ele foi o primeiro da sua turma a presentear o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), no dia 10. A colação de grau acontece no 31 de maio, e Djalma vai receber uma linda homenagem.

O idoso nasceu na Paraíba, mas, depois de se alfabetizar, aos 23 anos, foi morar no Rio de Janeiro, onde trabalhou por 38 anos como operário em uma fábrica de elevadores. Em 1993, ele voltou para a terra natal e decidiu ir morar na cidade de Guarabira, onde mora a família da esposa dele, com quem está casado há 32 anos e teve seis filhos.

Após se aposentar, ele concluiu o ensino fundamental e o ensino médio. Mas, Djalma não parou por aí. Aos 88 anos, ele decidiu, por conta própria, entrar no curso de direito da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Em 2012, ele procurou a coordenação do curso e começou a frequentar as aulas como aluno especial.

“Eu decidi sozinho tentar. Não foi ninguém da família que estimulou. Então fui me informar na coordenação do curso. O professor Agassiz Almeida me recebeu e ficou muito feliz. Apesar da idade, todos me tratavam normalmente e têm um grande carinho por mim. Lá na universidade todo mundo sempre ajuda um ao outro”, disse Djalma ao G1.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

operário

O trabalho de conclusão de curso de Djalma teve como título “Políticas Públicas e o Direito do Idoso”. Ele buscou mostrar a experiência que adquiriu durante o curso, ressaltando como seu deu a relação de um idoso com pessoas de outras gerações.

“Foi um excelente aluno, dedicado, atencioso e responsável, tendo sido, dentre os meus orientandos, o primeiro a entregar o TCC”, comentou a professora Juliana Linhares, orientadora de Djalma.

Mas, se você acha que Djalma vai dar um tempo nos estudos, está enganado. Sua próxima meta é entrar no curso de medicina. Ele só não sabe se irá participar do processo seletivo este ano, pois precisa cuidar da saúde. “Estou um pouco doente esses dias, com suspeita de zika, e nessa idade a gente fica muito debilitado. Mas, quero sim poder ingressar no curso de medicina”, disse.

Djalma, não se preocupe, logo, logo, você estará novinho em folha para inspirar todos nós, de novo!!!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também:

Menina de 2 anos dá a melhor resposta para caixa que ‘questionou’ a escolha de boneca negra

Estas fotos de partos são de tirar o fôlego de tão sublimes

Papa abre lavanderia gratuita para pessoas em situação de rua

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Juliana Linhares / UEPB

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,854SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal de POA cria marca infantil sem definição de gênero e com responsabilidade social

Eles também quiseram fugir da questão de gênero, e não diferem suas peças entre meninos e meninas. “A gente acredita em educar para as diferenças, e não para a semelhança.

Idosa internada com falta de ar por causa da Covid-19 pede pra dançar forró antes de exame para retirada de oxigênio

Dona Maria Ferreira, de 74 anos, mostrou que a falta de ar e a insuficiência cardíaca adquiridas pela Covid-19, não eram suficiente para impedi-la...

Autor lança primeiro livro no Brasil com protagonista trans

Quantos livros você já leu tendo como personagem principal um transgênero? Para mudar essa realidade, o autor Alex Lopes escreveu "As Transições". O objetivo desse livro...

Este cachorro ficou 3 horas sozinho e foi tempo suficiente para ‘redecorar’ a casa toda

Quem tem um bicho de estimação em casa sabe que pode passar por diversas situações que vão muito além dos momentos de ternura, existem...

Feminismo, nudez e tabu: a fotógrafa Olivia Nachle só quer naturalizar o corpo

Você veio ao mundo vestido (a)? Certamente, não. Embora a grande maioria das pessoas fique despida pelo menos uma vez por dia, são poucas...

Instagram

Operário aposentado de 93 anos conclui curso de direito na Paraíba 3