Os melhores Harlem Shakes

Para quem é ligado no que acontece no mundo online, com certeza já assistiu algum vídeo do Harlem Shake ou ouviu falar sobre esse novo fenômeno.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma batida eletrônica, uma mulher falando em espanhol, pessoas fantasiadas ou mascaradas, uma voz grave anunciando “then do the Harlem Shake” e então danças bizarras tomam conta de toda a tela.

Esse é o fenômeno Harlem Shake, um meme que se espalhou rapidamente pela web e que usa como base a música do artista Baauer, postada no Soundcloud em 17 de maio de 2012. Depois de passar quase que despercebida por cerca de nove meses, a música virou o “novo Gangnam Style” e é hoje a mais vendida no iTunes em vários países do mundo.

Além disso, o vídeo original da dança, feito por um vlogger que não tem qualquer ligação com Baauer, já foi visto quase 14 milhões de vezes em pouco mais de duas semanas, dando origem à mais nova febre da internet. Enfim, origens esparsas e quase desconhecidas dão um ar de “meme genuíno” ao Harlem Shake.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nos quase 40 segundos de vídeo, Frank, com a fantasia cor-de-rosa, está acompanhado de outras três figuras fantasiadas de maneira bizarra, e todo eles fazem uma dança no mínimo curiosa. Postado em 2 de fevereiro, o vídeo conta atualmente com 13,9 milhões de visualizações e foi o primeiro a sugerir uma coreografia para o “Harlem Shake” de Baauer.

Está se perguntando o que é esse tal de Harlem Shake? Fomos pesquisar para você!

Essa pergunta é relativamente simples de se responder: segundo a página do jornal ABC News, esta é uma dança surgida no bairro Harlem, em Nova York, durante os anos 1980. O bairro é um dos centros afro-americanos mais conhecidos dos Estados Unidos e a coreografia tem origem em uma dança vinda diretamente da Etiópia e chamada “Eskista” (veja um vídeo da artista etíope Mahlet Wagnew dançando e outro do Harlem Shake “original”).

Enfim, uma série de outras influências foram transformando uma coreografia em um fenômeno da web: uma dança etíope no “balanço do Harlem”, que virou febre nos anos 80 e inspirou um grupo de rap, cuja música virou sample de outro artista nova-iorquino e, por fim, cá estamos nós (nós literalmente, porque até o pessoal da NZN fez a sua própria versão da dança) parodiando o vídeo de Filthy Frank.

Mais uma moda que veio da Internet e que tem movimentado rodas de amigos para se divertir e gravar vídeos mais engraçados ainda!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É por isso que separamos aqui os 10 melhores Harlem Shakes até agora. Confiram:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E você, já fez algum com seus amigos? Manda pra gente! Vamos adorar conferir e colocar aqui pra galera se divertir. Afinal, essa é o nosso grande objetivo aqui no RPA! 😉

 

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A família que tem o mundo como quintal

Há quase 5 anos que Jason, Angela e seu filho Bode saíram dos EUA para dar uma voltinha de Kombi Westfalia. Deveria durar 12 meses,...

Restaurante abre mais cedo para atender menina com leucemia que vive em confinamento total

O restaurante J. Wilson’s abriu as portas mais cedo para atender Adelaide Stanley, 3 anos, Beaumont, no Texas (EUA). Ela tem leucemia e não...

Jovem com deficiência cria lindas caminhas para cães e gatos, mãe pede apoio, e ele vende tudo!

O garoto Elías tem uma deficiência, mas quem diz que ela o impede de fazer caminhas para cães e gatos que são a coisa...

Vaquinha para motoboy atacado por porco conseguir recomeçar bate a meta: ‘Eu e minha família agradecemos de coração’

Depois de uma cena triste, um final feliz! O William de Souza Rodrigues, ex-motoboy que foi atacado no mês passado por um porco em...

Instagram