Aprovação no vestibular traz confiança à paciente em vitória contra um câncer

Há cerca de três anos, Gerusa Cerqueira, 59 anos, descobriu que estava com câncer de mama. Ao saber do diagnóstico, ela já imaginava que seria uma batalha difícil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao iniciar o tratamento no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju (SE), dona Gerusa não esperava que seu modo de encarar a vida e sua visão de mundo seriam tão radicalmente mudados.

Alguns anos depois, a idosa foi aprovada no vestibular do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS), no curso de Guia de Turismo.

Trata-se de um nova fase da vida, em que ela espera inspirar outras pessoas que também estão lutando contra o câncer. “Minha filha estuda no IFS e me perguntou se eu queria fazer o vestibular, o que eu concordei de imediato. Ter conhecimento é sempre muito bom e ter a mente ocupada com coisas saudáveis e fazer novos amigos é melhor ainda“, afirmou.

“Eu quero incentivar outras pessoas que passam por essa doença que elas tenham fé, porque para Deus nada é impossível, e para os profissionais eu quero dizer que eles são excelentes e se hoje estou aqui contando a minha história de vitórias é porque eles me deram autonomia dentro das especialidades deles. Deus colocou anjos no meu caminho.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paciente câncer aprovada vestibular Aracaju

Uma de suas maiores incentivadoras é a filha, Thamires Cerqueira, 31 anos, que sempre busca ‘dar um gás’ na mãe. “Ela é muito inteligente e eu tinha certeza que se sairia bem. Eu admiro muito minha mãe, ela é minha inspiração de vida e eu agradeço muito a Deus por essa segunda chance pra gente. Ela gosta muito de viajar, aí devido aos problemas de saúde que ela enfrentou, deixou de fazer muitas coisas e uma maneira que encontrei para ela viajar e conhecer pessoas e lugares diferente foi estudando”, diz a estudante.

“Foi quando abriram as inscrições para o vestibular no IFS e eu perguntei se ela gostaria de participar, ela sorriu e pediu para fazer a inscrição. No dia do vestibular acordou cedo, se arrumou e foi acompanhada pela minha outra irmã. O resultado foi um sucesso e mais uma vitória”, ressaltou Thamires.

Leia também: Menina de 9 anos costura travesseiros para pacientes com câncer: “todos precisam de conforto”

Diagnóstico da doença

Dona Gerusa descobriu o câncer de mama depois de um autoexame enquanto tomava banho. Procurou um médico que constatou o pequeno nódulo no seio. Ela conta que passou por exames de mamografia, ultrassonografia, punção e não descobriram nada, até que o médico resolveu solicitar uma biópsia e o resultado foi positivo para câncer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu fiquei sem chão no consultório médico, estava chovendo e olhei para o céu e pensei: é daí que vem o meu socorro. Tive fé em Deus, na vida e consegui passar por todo o tratamento de quimioterapia, radioterapia e cirurgia para o tratamento do câncer de mama”, declarou.

Paciente câncer aprovada vestibular Aracaju

A batalha dela contra o câncer não acabava por aí. Ela continuou fazendo o controle da doença por um ano e meio, foi quando sofreu uma crise convulsiva que a deixou sem fala e internada no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

O Razões e o Educa Mais Brasil te ajudam a conseguir bolsa de estudo para cursos técnicos e profissionalizantes, cursos de idiomas, entre outras, clique aqui.  

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Fiz uma tomografia e fui avaliada pelo neuro que encontrou uma manchinha no meu cérebro. Fiz uma ressonância magnética que comprovou o tumor e na sequência fiz uma cirurgia do lado esquerdo e fiquei com sequela do lado direito. Fiquei quatro dias internada na UTI e recebi alta. Aqui no Huse tive o apoio de fisioterapeuta, fonoaudiólogo e da terapeuta ocupacional. Estou maravilhada com os resultados”, explicou, salientando que graças aos especialistas teve de volta sua autonomia.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: SES Sergipe/Fotos: Reprodução/SES Sergipe

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,409,205SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Gêmeas siamesas que tinham poucas chances de sobreviver começam a frequentar a escola

Angela e Daniel Formosa, pais das gêmeas siamesas, foram avisados pelos médicos que as filhas, Rosie e Ruby, hoje com 4 anos, tinham poucas...

Que tal elogiar alguém que você ama, hoje?

Elogiar alguém próximo as vezes parece mais difiícil do que elogiar alguém que você não tem tanto contato, isso porque muitas vezes esquecemos ou...

Lindo vídeo celebra 1 ano de namoro, que mesmo à distância continua firme e forte!

Para celebrar 1 ano de namoro, o Henrique resolveu fazer uma linda homenagem para a Isabella. Ele está morando durante 1 ano na Holanda...

Voluntário que recupera cadeiras de rodas velhas ganha máquina de R$ 10 mil para melhorar a reforma

Segundo ele, a nova máquina facilitará o conserto dos equipamentos e garantirá uma pintura de qualidade às cadeiras recuperadas e doadas a pessoas de baixa renda.

Idoso conserta brinquedos para doar às crianças carentes de Americana (SP)

O Fundo Social de Solidariedade de Americana (SP) vem fazendo um trabalho incrível nesta pandemia. Mas para que as doações aconteçam, a associação tem contado...

Instagram