Após 23 anos de relação e 3 de luta contra o câncer, paciente se casa em hospital e emociona equipe

Um sonho realizado no momento mais difícil da vida de Josilene pode parecer um antídoto momentâneo para tudo o que ela está vivendo. Jojô, como é conhecida carinhosamente, se casou com seu companheiro Luciano dentro do hospital onde ela está fazendo o tratamento de câncer há três anos. É como se a paciente dissesse um SIM para a vida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Josilene tem 43 anos e Luciano Oliveira, 44. Os dois vivem juntos há 23 anos em Brasília, têm dois filhos e sempre sonharam em se casar, mas as condições financeiras não permitiram. O sonho renasceu no coração em 2017, quando ela descobriu o câncer de mama.

Depois que a gente descobre um câncer, começa a refletir mais sobre a vida e sobre o que queremos fazer. Eu sonhava em me casar, mas não tinha dinheiro, e a Rede Feminina realizou meu sonho”, disse, emocionada.

Noivo e noiva de costas para a câmera e de frente para padre em casamento realizado dentro de hospital
Casamento teve até padre abençoando a união. Foto: Davidyson Damasceno/Ascom Iges-DF

A celebração veio no momento certo. Em meio a um câncer e uma pandemia, ela conseguiu, enfim, selar a união com o seu grande amor. E a cerimônia ainda teve direito a padre, buquê, música, tapete de entrada e um lindo vestido rosa, simbolizando a luta contra a doença.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mulher com cÂncer entrando de rosa em cerimônia de casamento dentro de hospital
Jojô entrou de rosa para simbolizar luta contra o câncer. Foto: Davidyson Damasceno/Ascom Iges-DF

Toda a equipe do Hospital de Base participou e se emocionou com a cena realizada no jardim do hospital. Respeitando o distanciamento, 50 convidados participaram do casamento, incluindo familiares e outros pacientes oncológicos.

Tudo foi organizado pela Rede Feminina de Combate ao Câncer, um grupo de voluntários, que fez campanha para arrecadar doações para realizar o casamento. “Ganhamos o bolo, os salgados, o buquê e as roupas dos noivos”, disse Vera Lúcia, coordenadora da ONG. Eles ainda pagaram as taxas do cartório e a hospedagem em um hotel de Brasília para a lua de mel.

Decoração de casamento em hospital
Voluntários da Rede Feminina e a equipe do hospital organizaram tudo. Foto: Davidyson Damasceno/Ascom Iges-DF

“Eu não esperava ter uma festa desta. Foi tudo tão maravilhoso, tão bonito. Eu agradeço a todos os colaboradores, às meninas da limpeza, aos médicos, aos enfermeiros, aos voluntários, a todos”, disse Jojô.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Há muitos anos que quero realizar esse sonho com a minha esposa. Chegar aqui e encontrar essa surpresa para nós é demais, a alegria não cabe no coração. Só tenho a agradecer às pessoas que ajudaram, que nos presentearam com isso”, declarou Luciano.

Noivo beijando aliança na mão de noiva
Foto: Davidyson Damasceno/Ascom Iges-DF

Depois da cerimônia, eles foram comemorar em um restaurante. “Pela primeira vez, comemos em um self-service. Foi muito emocionante o dia. Curtimos muito”, contou Josilene.

Josilene pediu Luciano em casamento

Quem tomou a iniciativa de fazer o pedido de casamento foi Josilene. Jojô fez o pedido a Luciano no final de 2020. “Eu comentei com a Verinha sobre essa vontade, e ela disse que daria um jeito. Depois da afirmativa, eu fiz o pedido ao Luciano”, contou, rindo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Homem colocando aliança na mão da noiva
Após 23 anos, casal conseguiu selar a união. Foto: Davidyson Damasceno/Ascom Iges-DF

Jojô é baiana e chegou a Brasília em 1993 em busca de oportunidades para cuidar da filha do primeiro casamento. Ela e Luciano se conheceram num forró em 1997 no Lago Paranoá. “Quando a gente se viu, foi amor à primeira vista”, disse Luciano. Os dois se uniram e passaram a morar em Ceilândia.

Para Vera, da Rede Feminina, a celebração do casamento simboliza a essência do amor dos dois. “Só através dele a gente consegue desabrochar em nós o melhor que a gente tem”, declarou.

Noivo beijando noiva
Foto: Davidyson Damasceno/Ascom Iges-DF

Josilene já fez 12 sessões de quimioterapia e se sente bem melhor. “É gratificante participar do tratamento de uma pessoa e poder compartilhar um momento especial da vida dela”, comentou a chefe de enfermagem do hospital, Thais Ribeiro, que acompanhou de perto a evolução de Jojo.

E essa evolução se deve muito ao apoio do agora marido, Luciano. “O que ela precisar de mim, ela vai ter, em qualquer momento. Para mim, casamento é amor do início ao fim e, hoje, eu só consigo agradecer por ela ser minha esposa”, finalizou.

Vida longa ao casal!

Ajude a realizar outro sonho!

Assim como o amor de Luciano por Josilene, conheça a história de ‘Seu Jacson’, que pediu ajuda na internet para fazer um almoço surpresa no aniversário da esposa. A vaquinha do VOAA pode ajudar com este e outros sonhos do casal. Clique e contribua!

Aposto que você já comprou ou conhece alguém que tenha comprado de uma consultora da marca Tupperware®.Mulheres que…

Publicado por Razões Para Acreditar em Segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Fonte: Agência Brasília

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

[VÍDEO] Homem surpreende vendedora ambulante ao doar R$ 5 mil

A onda da solidariedade através das redes sociais aumentou consideravelmente no ano passado. Conseguimos encontrar alguns perfis - inclusive aqui no Brasil - que...

Com vaquinha do Razões, acupunturista ajudará milhares de dependentes químicos com atendimentos gratuitos

Gente, começamos o ano com uma notícia super maravilhosa para o Ramon. Ele faz um trabalho incrível, transformando a vida de dependentes químicos que...

Pedreiro que perdeu uma perna em acidente realiza o sonho de ter sua prótese após vaquinha do Razões

O Diovane Sampaio, de 23 anos, é um jovem muito guerreiro e determinado. Ele sofreu um acidente há 8 anos, que resultou na amputação...

14 imagens que mostram que não existe nada mais bonito do que o amor materno

Pode mudar o endereço, a raça, os costumes e até a maneira de se relacionar. Mas uma coisa não podemos negar: mãe é mãe...

Vaquinha bate meta e menina de 13 anos terá sua própria biblioteca para acolher crianças em comunidade do RJ

A Lua é incrível! Ela montou sozinha uma biblioteca na comunidade de Tabajaras, no RJ, para incentivar a leitura principalmente entre os mais jovens. Mesmo...

Instagram