Paciente toca violino durante cirurgia no cérebro para retirada de tumor

Uma paciente ficou acordada durante uma cirurgia de retirada de um tumor no cérebro tocando seu violino, permitindo assim que os médicos pudessem verificar, em tempo real, se as áreas do cérebro responsáveis pelo movimento das suas mãos não seriam prejudicadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dagmar Turner, 53 anos, é violinista integrante da orquestra sinfônica da ilha de Wight, no sul da Inglaterra. Há sete anos, ela foi diagnosticada com um tumor cerebral de crescimento lento e gradual. Com o passar do tempo, o tumor se desenvolveu o suficiente para ser retirado sem comprometer a saúde e as habilidades da artista.

O procedimento cirúrgico bem-sucedido foi anunciado pelo Hospital King’s College, de Londres, na última terça-feira (19), tendo sido feito um mês antes. Nesse meio-tempo, Dagmar esteve em recuperação.

Paciente toca violino durante cirurgia retirada tumor cérebro

De acordo com o hospital, a ideia de fazê-la tocar o instrumento tinha como objetivo proteger as células do lóbulo frontal direito, que fica logo ao lado de onde a cirurgia foi realizada. Essa região controla, entre muitas outras coisas, a mão esquerda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A ideia de não poder tocar mais me deixava arrasada”, afirmou Turner, que agradeceu à equipe médica por ter feito “todo o possível” para que o procedimento fossem bem-sucedido.

“Fazemos cerca de 400 ressecções (extirpação de tumores) por ano, o que com frequência implica despertar os pacientes para fazer testes de linguagem”, indicou o cirurgião-chefe na operação, Keyoumars Ashkan.

Paciente toca violino durante cirurgia retirada tumor cérebro

“Mas foi a primeira vez que fiz um paciente tocar um instrumento.”

O cirurgião afirmou que 90% do tumor foi extirpado, “incluindo todas as zonas suspeitas de (registrar) uma atividade agressiva”, enquanto se permitia à violinista “conservar o uso pleno de sua mão esquerda”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Graças a eles, espero me reintegrar muito em breve a minha orquestra”, destacou Turner, que finalmente deixou o hospital para se recuperar em casa.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Correio Braziliense/Fotos: King’s College Hospital

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,786,495SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cozinheiro de 16 anos distribuirá marmitas aos moradores em situação de rua em campanha de Natal

O Natal está chegando e sempre encontramos algumas ações lindas, de pessoas bem especiais, como o Paulo, de 16 anos. Ele é cozinheiro e...

Com ajuda de doações, alunos com necessidades especiais fazem baile de debutante

Coisa boa é ver momentos assim: pessoas unidas, felizes e que contaram com o apoio de outras que se uniram e também ficaram felizes...

[VÍDEO] Doguinho rouba brinquedo de bebê e ‘se desculpa’ devolvendo-o

Das melhores coisas da vida: cachorros e bebês! Quando junta os dois, então, nem se fale! 🥰. Dá uma olhada nesta história: Charlie é...

Terrenos baldios revitalizados reduzem a depressão

Mais uma razão para juntar a turma e revitalizar o terreno baldio perto de casa, né? 😉

Colégio tradicional no Rio acaba com distinção de uniforme por gênero

O Colégio Pedro II é um dos mais tradicionais do Rio de Janeiro, mas acaba de extinguir uma tradição que não faz o menor...

Instagram