Pague suas multas de estacionamento doando comida para necessitados

Lexington, uma cidade de Kentucky, nos EUA, pode ter descoberto o impossível: fazer alguém se sentir bem ao levar multas de estacionamento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante cinco semanas das férias, a cidade tem permitido que qualquer pessoa multada pague sua dívida com a doação de alimentos para um banco de alimentos local.

Uma multa de US$ 15, por exemplo, pode ser amortizada com 10 latas de comida, o suficiente para alimentar duas vezes uma família com fome.

A cidade começou o programa no ano passado depois de ler sobre experiências similares em campos universitários.

Embora seja um tempo comum do ano para as pessoas doarem para bancos de alimentos, eles sempre precisam de mais. Se tiver excedente, ele será enviado para outros bancos de alimentos nas proximidades.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No ano passado, o programa recolheu mais de 6.000 latas, e espera arrecadar ainda mais este ano.

Outras cidades, como um subúrbio de Chicago, já decidiram copiar o experimento.

multa de estacionamento

Fonte: Fast Coexist

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,495,414SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Supermercado doa alimentos que seriam jogados no lixo por outros estabelecimentos

Num único final de semana, o Free Store chega a disponibilizar de 800 a 1.500 itens gratuitamente para quem precisa.

Aeromoça faz idoso chorar após ajudá-lo a se alimentar

A imagem de uma aeromoça chinesa ajudando um senhor a se alimentar comoveu o mundo nesta semana – prepare o lencinho! Fan Xuesong percebeu que...

Empresa produz telhas que geram energia solar e são mais baratas

Combinar sustentabilidade com economia é uma ótima proposta. As telhas solares da empresa Tesla, além de prometerem serem mais baratas do que um modelo...

Jovem detido aos 16, ele voltou a estudar e hoje tem uma padaria sustentável

Quando criança, vivendo no Capão Redondo, em São Paulo, Bruno dos Santos se perguntava sobre o destino do lixo coletado na rua onde morava. ...

Instagram