Pai passa 30 horas tatuando réplica da marca de nascença de seu filho que sofria bullying

O pequeno Derek nasceu com uma grande marca de nascença. Quando ele era pequenininho a mancha não o incomodava mas, hoje que ele tem 8 anos, começou a ser motivo para vergonha. No entanto, para que ele não se sentisse diferente dos outros, seu pai decidiu tatuar uma marca igual a dele. Que paizão, né?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Derek Prue precisou passar 30 horas sentado em um estúdio de tatuagem para que conseguisse reproduzir a mesma marca do filho. Segundo ele, doeu muito, mas nada se compara ao ver a felicidade do filho ao revelar a surpresa que ele havia feito com tanto amor.

pai tatua marca nascenca filho
Foto: David Bajer/CBC

A ideia surgiu quando eles estavam na piscina com as irmãs de Derek, e o pai notou que o filho não tirava a camiseta. A família vive em Alberta – no Canadá e, um dia quando estavam na piscina, o pai chamou o filho e tirou a camiseta, revelando que agora seriam iguais.

“Eu sabia que ele estava constrangido sobre isso”, disse Prue. “Eu vi como ele estava reagindo, e isso me fez querer fazer isso para que ele não fosse o único”, explicou o pai.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O filho, por sua vez, disse que ficou um pouco desconfiado quando sua mãe pediu para tirar fotos de sua marca de nascença, mas nunca imaginou o que o pai estava planejando. “Doeu muito”, confessou o pai. De acordo com o tatuador Tony Gibbert, proprietário do estúdio de tatuagem Juicy Quill, este, de fato, é um dos locais mais doloridos do corpo para tatuar.

Flavinho é um menino de 8 anos com câncer raro e vem passando por dificuldades e por isso, lançamos uma vaquinha na VOAA para que ele tenha um tratamento completo. Clique aqui e contribua com a sua vaquinha!

Alegria do filho

“Lembro-me da primeira vez que entrou, deitei e depois de talvez três, quatro horas, pensei, ‘Sim, estamos quase terminando?’ E Tony disse, ‘Sim, estamos quase terminando o esboço.'”, relembra o pai.

Apesar da dor, Derek faria tudo novamente. O que os pais não fazem pelos seus filhos, não é mesmo? Quando a mãe do garoto, Shanel Prue, perguntou se ele iria nadar sem camisa, ele disse que sim. “Sempre que o papai está lá, posso tirar a camisa”, disse o menino. Pode até parecer sem importância, mas esta aceitação poderá mudar a vida deste menino para sempre!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: CBC

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,289,873SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Grupo no Facebook recria obras de arte icônicas com bom humor e criatividade

Tudo para fugir do tédio da quarentena! 😬 Usuários criativos de um grupo no Facebook estão imitando pinturas de artistas icônicos como Picasso, Matisse e...

Curso online e gratuito ensina a deixar o campo limpo livre de embalagens vazias

A destinação correta de embalagens vazias de defensivos agrícolas tem um papel essencial no impacto desses materiais no ambiente. E como forma de aumentar...

Grupo de jovens de SP mobiliza doações a moradores de rua

O frio chegou e com ele muitas pessoas que já passam dificuldades diárias nas ruas enfrentam ainda essas baixas temperaturas. Pensando nisso, alunos no colégio...

Marinheiro é o primeiro a beijar outro homem em evento tradicional da Marinha

Histórico é como podemos chamar o primeiro beijo gay de dois marinheiros da Marinha americana em um evento tradicional. Foi a primeira vez que dois...

Cientistas desenvolveram exame que detecta Alzheimer 10 anos dos sintomas

Não temos vacinas ou medidas preventivas, então você pode ter Alzheimer ou não. E nenhum exame que detecta Alzheimer havia sido desenvolvido antes. Mas e se...

Instagram

Pai passa 30 horas tatuando réplica da marca de nascença de seu filho que sofria bullying 1