[VÍDEO] Pai abre caminho na areia da praia para filho deficiente visual poder ir sozinho até o mar

0
498
pai abre caminho na areia da praia para filho deficiente visual segui-lo até o mar

O vídeo que mostra um pai abrindo um caminho na areia da praia para o filho deficiente visual poder ir sozinho até o mar viralizou nas redes sociais e vem emocionando os internautas. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Estávamos na praia e o papai @jricardo_family começou a fazer esse “caminho” pra Davi…Quando ele começou eu não entendi nada, até que ele começou a falar a Davi que estava fazendo aquilo pra ele ir sozinho da nossa mesa até o mar”, escreveu a mãe de Davi na legenda do post.

Nos comentários do vídeo, que já soma quase 12 milhões de visualizações, os internautas parabenizaram Ricardo pelo gesto de encorajamento para Davi superar seus limites.

“Que sorte a sua Davi, que família maravilhosa. Eu tô chorando muito agora ?❤❤❤. Que sorte a de vocês também viu, olha esse sorriso do Davi, deve ser um filho incrível ❤️”, disse uma internauta. “Pequenos gestos demonstram o amor de um pai ao filho???”, resumiu outra.

Veja o vídeo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um tempo atrás, contamos uma história parecida, de um filho que abriu um caminho na areia da praia para mãe cadeirante poder contemplar o mar

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conheça a história inspiradora do ex-presidiário que criou um projeto de esportes para crianças da sua comunidade no RJ:

Ex-presidiári0 cria projeto de esportes para crianças na favela

Jefferson Quirino, 31 anos, foi preso diversas vezes na adolescência por envolvimento com dr0gas. Nem mesmo a carreira que iniciou na Aeronáutica fez com que deixasse o víc1o. Dentro da prisão, Jefferson refletiu e decidiu mudar de vida. O carioca da comunidade do Turano, na Zona Norte do Rio, virou professor de surfe e hoje coordena um projeto de esportes para crianças.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Publicado por Original Razões em Quinta-feira, 7 de julho de 2022

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.