Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF

Por 18 anos, a estudante de Fisioterapia Bekah Costa fez uso de uma órtese após ter o pé esquerdo amputado devido a uma complicação médica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O aparelho auxilia nas funções de um membro para evitar deformidades e compensar insuficiências funcionais que foram causadas por acidentes ou problemas de saúde.

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

O pai de Bekah, Lourival, que sempre se fez presente na vida da filha, decidiu recentemente fazer um curso que permitiu à ele aprender do zero como fazer a mesma órtese que ela usou por tantos anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O curso foi feito na Reab Brasil, uma Clínica de Reabilitação Ortopédica em Brasília (DF).

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

O objetivo de Lourival é mudar a história de inúmeras crianças que nasceram ou foram diagnosticadas com alguma deficiência. “Essa disposição dele é para que elas não passem [pelas mesmas dificuldades] que eu passei quando mais nova”, explicou Bekah.

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Olha a alegria dele!

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

Brincalhão, Lourival adora trazer leveza e um pouco de diversão dentro da clínica de reabilitação.

“Tem até um vídeo dele brincando com o Vitor, que é um paciente de lá, onde meu pai não deixa ele pegar a órtese”, relembrou a filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

O que importa, afinal, é que em meio à esse trabalho de produzir órteses novas e ajudar as crianças da clínica, Lourival nunca esteve tão feliz e vibrante.

“Tinha muito tempo que eu não via o meu pai feliz como agora. Isso encheu meu coração de alegria… Olha eu acabada chorando (risos). Porque eu sou a coordenadora do curso e não dei conta de tanta emoção. Papai eu te amo demais!”, disse Bekah, segurando o choro!

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

Assim, aos 62 anos, o pai da estudante de fisioterapia realizou um sonho: aprendeu a fazer com as próprias mãos uma coisa que fez parte da vida de sua família!

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF
Foto: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

O segredo da vida é transformar nossas dores para abençoar a vida das outras pessoas ❤️

Assista ao vídeo:

Fotos: Reprodução / Instagram: @bekahcosta & @arquitetura_mecanica

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudante doa primeiro salário para a escola onde estudou em Caxias do Sul (RS)

Milena Martini, 18 anos, doou seu primeiro salário no novo emprego para a escola onde estudou do 6º ao 9º do Ensino Fundamental, em Caxias do Sul (RS).

Bibliotecas móveis levam livros e educação para crianças do Afeganistão: ‘Esperança’

Cinco bibliotecas "móveis" estão levando leitura e esperança para crianças de Cabul, no Afeganistão. O acervo de livros fica a bordo de ônibus alugados pela...

Estudantes capacitam mulheres de baixa renda com cursos de culinária e administração

Eles oferecem cursos no âmbito gastronômico para que as mulheres possam aprender a fazer e vender seus próprios produtos, complementando a renda familiar.

Pernambucano superdotado de apenas 12 anos ganha intercâmbio para estudar inglês no Canadá

Popularmente conhecidos como superdotados, estima-se que no Brasil existam 13.308 pessoas com altas habilidades. Uma delas é o garoto Davi Fernandes da Silva, de...

Depois de um pedido para tirarmos os cadeirantes do vídeo, resolvemos fazê-lo com ajuda de vocês

Nós acreditamos na importância da representatividade. Todo mundo tem que se ver nesse vídeo, e é isso que queremos, pessoas que representem o amor.

Instagram

Inspirado pela filha, pai aprende a fazer órteses para ajudar crianças amputadas do DF 3