Pai com doença terminal leva filha ao altar deitado em uma maca

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO



Os convidados gritaram e aplaudiram quando Scott Nagy participou de casamento da filha Sarah sábado na Primeira Igreja Evangélica Luterana na Strongsville, em Ohio.

“Foi uma promessa que fiz em março, para acompanhá-la até o altar”, disse o homem de 56 anos de idade.

“Ela é a minha princesa. Esta é a minha definição de caminhar até o altar.”

Nagy foi diagnosticado em 2012 com câncer na uretra, e desde então tem feito quimioterapia. E como já está em um estágio terminal da doença, os médicos disseram que talvez ele não conseguisse participar do casamento da filha, inicialmente marcado para 2014, mas, com a ajuda de fios de monitoramento escondidos sob seu smoking e um com uma traqueostomia, ele conseguiu fazer o trajeto até o altar, beijar seu neto que levava a aliança e manter a simpatia que lhe é inerente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Scott participou de semanas intensivas de tratamento para conseguir estar no altar, com a ajuda de uma enfermeira que o ajudou a organizar a logística de entrar de maca ao casamento. “Não havia hipótese dele não participar, ele queria terminar isso” disse sua esposa Jean.

“Conseguimos!” falou Nagy, pedindo à filha que não borrasse sua maquiagem.

casamento1

scott_nagy_weddingTERMINAL CANCER PATIENT, SCOTT NAGY, MAKES IT TO HIS DAUGHTER'S WEDDING CEREMONY

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dica do Etiene Gonçalves e Renato Serral Leal

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,022,894FãsCurtir
2,171,660SeguidoresSeguir
11,617SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens e agricultores se unem e abrem bibliotecas na zona rural da Paraíba

Eu já estou apaixonado por essa história antes mesmo de começar a contar pra vocês. Esse é um exemplo de que a união entre...

Com 4 filhos pequenos, dona de casa abandonada por marido recebe apoio de internautas

A jovem mamãe Andreza Santos Araújo, 23 anos, mora e cria sozinha seus quatro filhos pequenos em Várzea Grande, Mato Grosso. Desde que o...

Universitário de 92 anos se adapta à tecnologia e nos dá uma linda lição de resiliência e otimismo

Não existe idade certa para realizarmos nossos sonhos e o universitário Carlos Augusto Manço, que entrou na faculdade aos 90 anos, é um dos...

Instagram