Pai leva filho autista às suas aventuras e juntos desbravam florestas e montanhas

O montanhista e historiador Márcio do Nascimento, 42 anos, decidiu investir todas as fichas na natureza e as fartas aventuras que ela provê para ajudar o filho autista a lidar com o transtorno.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nos últimos dois anos, Márcio se tornou um experiente chefe de escoteiros, levando-os em aventuras pelas matas, cavernas e montanhas Brasil afora. Recentemente, foi a vez de levar seu filho, o pequeno Gabriel Fortunato do Nascimento, 4 anos, para fazer uma caminhada pela mata, explorar cavernas e visitar cachoeiras.

Por conta do Transtorno do Espectro Autista (TEA), Gabriel tem certas dificuldades para comunicar e interagir socialmente, mas tem melhorado gradualmente graças aos esforços do pai. Segundo Márcio, seu filho aumentou o vocabulário, aprendendo novas palavras, consegue manusear objetos com mais facilidade e agora tem coragem até para subir numa cadeira e pegar alguma coisa no alto.

Montanhista leva filho autista às suas aventuras na natureza

“Quando está no meio do mato ele evolui muito, demonstra interesse em aprender, tem disciplina na hora de comer ao redor da fogueira, ficou mais dono de si”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mulher de Márcio, a advogada Simone Rosa Fortunato, 40 anos, também leva o filho para sessões de ecoterapia, musicoterapia e terapia ocupacional.

Leia também: Menino autista tem crise em parque e funcionária reage da melhor forma possível

O montanhista lembra que quando criança, ele passou por privações por conta da saúde: ficou dois anos numa cadeira de rodas por má formação no pé, mas superou as adversidades com muito esforço e contato com a natureza.

“Quando Gabriel nasceu e descobrimos que ele é autista, observamos que a maioria dos pais segue apenas o tratamento convencional. Não chama para si também a responsabilidade, não complementam”, disse.

Montanhista leva filho autista às suas aventuras na natureza

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aventuras

Foi aí que ele começou a levar o filho para ter mais contato com a natureza. Um dos primeiros locais foi a Gruta do Índio, uma caverna situada em Vargem Alta, no Espírito Santo, onde a família mora.

Depois disso, Gabriel já acampou na Cachoeira do Furlan, em Castelo, explorou o Túnel dos Ingleses, em Vargem Alta, a Cachoeira de Matilde, em Alfredo Chaves e, por último, foi à Cachoeira da Fumaça, em Alegre.

Na mãe natureza ele encontra o complemento que precisa. Vê a flor, o pássaro, sente o frio, o calor de uma fogueira, pisa na grama, dá uma topada na pedra, vê a água correndo, o cheiro de mato. Tudo isso ajuda no crescimento”, ressaltou Márcio.

Montanhista leva filho autista às suas aventuras na natureza

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Tribuna Online/Fotos: Márcio do Nascimento/Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,400,451SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Rapaz desce ponte para salvar cachorra que estava se afogando

Um vídeo incrível que mostra o resgate de uma cachorra que caiu acidentalmente em um rio viralizou nas redes sociais. Nas imagens, um rapaz desce...

Garoto internado e cachorrinha se despedem um do outro em hospital de Brasília

Com a permissão do Hospital Santa Helena, na Asa Norte de Brasília, Ricardo, de 9 anos, pôde se despedir de sua cachorrinha, que iria...

Pais realizam emocionante última festa para sua filha de 5 anos doente

Com apenas 5 anos, Lila May Schow, de Oregon, nos Estados Unidos, já trava batalhas diárias contra o câncer há 3. Em 2012, a pequena foi diagnosticada...

Cachorro percorre 17 km em dois dias para reencontrar mãe adotiva

Rachel Kauffman, uma proprietária de dois cachorros, fez lar temporário para Hank, antes dele ir para seu novo lar no Tennessee. Porém, antes de ir...

Vaquinha bate R$ 75 mil e jovem de 28 anos que adotou idosa realizará sonho da casa própria!

E essa família linda, gente! A Gláucia tem 28 anos e adotou a Cotinha, de 70 anos, que foi abandonada em um hospital de...

Instagram