Início INSPIRAÇÃO Amor Pai leva filho autista às suas aventuras e juntos desbravam florestas e...

Pai leva filho autista às suas aventuras e juntos desbravam florestas e montanhas

O montanhista e historiador Márcio do Nascimento, 42 anos, decidiu investir todas as fichas na natureza e as fartas aventuras que ela provê para ajudar o filho autista a lidar com o transtorno.

Nos últimos dois anos, Márcio se tornou um experiente chefe de escoteiros, levando-os em aventuras pelas matas, cavernas e montanhas Brasil afora. Recentemente, foi a vez de levar seu filho, o pequeno Gabriel Fortunato do Nascimento, 4 anos, para fazer uma caminhada pela mata, explorar cavernas e visitar cachoeiras.

Por conta do Transtorno do Espectro Autista (TEA), Gabriel tem certas dificuldades para comunicar e interagir socialmente, mas tem melhorado gradualmente graças aos esforços do pai. Segundo Márcio, seu filho aumentou o vocabulário, aprendendo novas palavras, consegue manusear objetos com mais facilidade e agora tem coragem até para subir numa cadeira e pegar alguma coisa no alto.

Montanhista leva filho autista às suas aventuras na natureza

“Quando está no meio do mato ele evolui muito, demonstra interesse em aprender, tem disciplina na hora de comer ao redor da fogueira, ficou mais dono de si”, disse.

A mulher de Márcio, a advogada Simone Rosa Fortunato, 40 anos, também leva o filho para sessões de ecoterapia, musicoterapia e terapia ocupacional.

Leia também: Menino autista tem crise em parque e funcionária reage da melhor forma possível

O montanhista lembra que quando criança, ele passou por privações por conta da saúde: ficou dois anos numa cadeira de rodas por má formação no pé, mas superou as adversidades com muito esforço e contato com a natureza.

“Quando Gabriel nasceu e descobrimos que ele é autista, observamos que a maioria dos pais segue apenas o tratamento convencional. Não chama para si também a responsabilidade, não complementam”, disse.

Montanhista leva filho autista às suas aventuras na natureza

Aventuras

Foi aí que ele começou a levar o filho para ter mais contato com a natureza. Um dos primeiros locais foi a Gruta do Índio, uma caverna situada em Vargem Alta, no Espírito Santo, onde a família mora.

Depois disso, Gabriel já acampou na Cachoeira do Furlan, em Castelo, explorou o Túnel dos Ingleses, em Vargem Alta, a Cachoeira de Matilde, em Alfredo Chaves e, por último, foi à Cachoeira da Fumaça, em Alegre.

Na mãe natureza ele encontra o complemento que precisa. Vê a flor, o pássaro, sente o frio, o calor de uma fogueira, pisa na grama, dá uma topada na pedra, vê a água correndo, o cheiro de mato. Tudo isso ajuda no crescimento”, ressaltou Márcio.

Montanhista leva filho autista às suas aventuras na natureza

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Tribuna Online/Fotos: Márcio do Nascimento/Arquivo pessoal

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

982,419FãsCurtir
1,678,529SeguidoresSeguir
8,230SeguidoresSeguir
10,900InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

O futuro da medicina está cada vez mais próximo do presente. No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é...

Aluno usa dinheiro que ganhou de aniversário para pagar ida de amigo a excursão

Um gesto de amizade envolvendo dois estudantes da escola Francisco Murilo Pinto em Bragança Paulista (SP) tem comovido milhares de pessoas na internet.

Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é...

Instagram