Pai e filho conquistam bronze na bocha e afirmam que parceria no esporte fortalece vínculos

Oscar e Matheus Carvalho começaram a praticar bocha paralímpica em meados de 2012. Na época, pai e filho, medalhistas de bronze na classe BC3 nos Jogos Parapan-Americanos Lima 2019, tinham apenas uma calha e bolas emprestadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foram convidados a participar do campeonato Regional Centro-Oeste que aconteceria em Campo Grande (MS), mas na cabeça deles a experiência iria servir apenas para conhecer o sistema de competições e passar pela classificação funcional.

Porém, assim que o Mateus foi classificado, ficamos sabendo que no dia seguinte iríamos participar ativamente do evento. Foi muito tenso, uma vez que o nosso volume de treinos e de trabalho em equipe ainda era muito pequeno, mas fomos lá e levamos o terceiro lugar! Isso foi uma supermotivação e injeção de ânimo para o Mateus”, relata Oscar.

Foto: Reprodução

Oscar é o calheiro de Mateus, que tem uma patologia rara que causa má formação, dificultando a movimentação dos membros superiores e inferiores. Basicamente, Oscar tem a função de posicionar a calha para Mateus lançar a bola, seguindo as instruções do filho para a melhor jogada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Tricampeão no Parapan, Lauro Chaman relembra começo difícil e enaltece esporte paralímpico

Foto: Reprodução

Entre treinos e competições, pai e filho passam bastante tempo juntos: “convivemos quase que 24 horas juntos, o assunto é sempre o mesmo, a bocha e os treinos e competições”. Não que nunca tenha sido assim, afinal, “desde o primeiro ano de vida do Mateus eu o acompanho”.

Em 2006, Mateus foi para a natação de alto rendimento e Oscar estava lá acompanhando o filho de perto também. Seis anos depois, migraram para a bocha. Além do companheirismo, há espaço para desentendimentos, ideias divergentes, mas nada que atrapalhe a parceria deles.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Tisbe de Souza conquista bronze na natação: “Lembrei das vezes que pensei em desistir

Foto: Reprodução

“Como pai e filho sempre sobra um desentendimento sobre uma ou outra ideia a respeito de jogadas ou estratégia de jogo, mas nada que possa atrapalhar a nossa caminhada”, afirma Oscar.

Mateus considera um grande privilégio ter o pai com ele no esporte. Segundo Mateus, “é muito bom ter alguém tão importante na minha vida dentro de quadra comigo”. Ele completa: “A cada dia de treino e os dias de competições que estamos juntos nos fortalecemos ainda mais”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A seguir, confira outras conquistas de Mateus e Oscar, além do bronze no Parapan de Lima:

Conquistas nacionais

2012 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Bonze

2014 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Prata

2015 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2015 – Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2016 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2017 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2018 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Ouro

2018 – Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica – Pares e Equipes e Individual – Medalha de Bonze nos pares e Medalha de Ouro no individual

2018 – Jogos Paralímpicos Universitários – Medalha de Ouro

2019 – Seletiva de Bocha do Triangulo Mineiro – Medalha de Ouro

2019 – Regional Centro-Oeste de Bocha Paralímpica – Medalha de Bronze

Conquistas Internacionais

2015 – 2015 Boccia Americas Team and Pairs Championship Montral – Medalha de Ouro

2018 – BISFed 2018 Sao Paulo Boccia Regional Open – Medalha de Prata no individual e Medalha de Ouro nos pares

2019 – BISFed 2019 Montreal Boccia World Open – 4º lugar no individual e Medalha de Bonze nos pares

Foto destacada: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,642,968SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Empresa instala máquina que alimenta cachorros de rua e ainda incentiva as pessoas a reciclar

Existe uma estimativa de que em Istambul, na Turquia, exista um número estimado de 150.000 cães e gatos nas ruas. Foi então que uma...

Mesmo doente terminal de câncer, ela casou cinco dias antes de morrer

Essa história é um pouco antiga, mas vale a pena ser contada para quem não soube na época. A curta, porém rica, história de Katie...

Mulher desiste de doar para criança com câncer por ter mães lésbicas, mas doações disparam após repercussão

Há alguns dias uma mulher voltou atrás de fazer uma doação depois que descobriu que a criança com câncer é filha de mulheres lésbicas.  A história...

Hamburgueria faz pedido personalizado para menino que é fã do Bob Esponja: ‘Direto do Siri Cascudo’

São os detalhes que fazem toda a diferença. Alguns dias atrás, a hamburgueria Alpha Burgers, em Maceió (AL), recebeu um pedido diferenciado de um cliente...

Mulher compra estoque de loja de brinquedos para doar a crianças carentes de NY

A norte-americana Carol Suchman comprou todo o estoque de brinquedos de uma loja de brinquedos que estava quase falindo para doá-lo a instituições de caridade de...

Instagram