Pai mostra orgulho por filho drag queen: “cadê sua foto de peruca?”

“Mandei aí, tenho orgulho de você”, disse o pai do Manoel, que é gay e drag queen, pedindo para o filho filho mandar uma foto dele com peruca pra mostrar aos seus amigos na conversa de WhatsApp.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Depois de José, 50 anos, enviar um áudio para Manoel, quase uma ‘bronca’: “Nel, por que não tá aparecendo sua foto com peruca no perfil? Eu quero mostrar aqui pros amigos meus. Mande aí”.

Quer dizer, vai usar foto de perfil com peruca sim! Tu é drag queen! hahaha

Maravilhoso!

Não sei, só sei que foi assim

José diz que o filho revelou que era gay de um jeito, e Manoel, 22 anos, diz que foi de outro. Manoel conta que estava voltando da casa de uma amiga com o pai e que José teria dito: “Ei, meu filho, pode me falar, você é gay?”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

O pai contesta a versão, dizendo que nesse dia tinha ido buscar Manoel na casa de uma tia dele e que o filho tinha ‘tomado umas’. E que foi o filho quem começou a conversa, e não ele. 😂

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Manoca 💎 (@manocacosta) em

Fico com a versão do seu pai, Manoca, sorry! kkk

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ele entrou no carro e disse que queria me falar uma coisa. Meu coração começou a trepidar (risos). Ele deitou no meu colo e começou a chorar dizendo que era gay, que não queria, aquelas coisas todas de luta (consigo mesmo)”, lembra o pai.

José disse que amava o filho e ponto!

pai junto com filho vestido gay vestido drag queen
José ama o filho e é seu maior incentivador na carreira artística. Foto: Arquivo pessoal

Uma resposta que todo jovem LGBT certamente espera ouvir dos pais quando “sai do armário”, já que a maioria das vezes não é o que acontece.

Manoel tinha 17 anos quando teve essa conversa com o pai, em 2015. Eles moram em Salvador (BA).

Vaquinha para o tratamento de travesti que foi espancada e ficou paraplégica. Clique aqui e doe.

“Me sinto muito privilegiado e honrado em ter nascido nessa família”

Manoca reconhece o privilégio que é ter um pai super parceiro, que o apoia em tudo!

“Eu me sinto muito privilegiada, sei que a maioria dos LGBTs não recebe esse apoio que eu recebo. Minha família nunca colocou isso como uma questão.”

José disse que ficou muito mais próximo do filho desde que Manoel se assumiu gay, que de lá pra cá, conheceu um “mundo de amor e de alegria!”.

pai e filho gay dando selinho programa rádio
“É um mundo lindo! É um mundo de amor, de alegria!”. Foto: Arquivo pessoal

“Depois que eu comecei a ficar mais próximo do meu filho, comecei a entender o mundo dele. É um mundo lindo! É um mundo de amor e de alegria!”, afirma José.

E ele tem um conselho, ou uma sugestão, como prefere dizer, para outros pais de LGBTs.

“A sugestão que eu dou é que apoiem os filhos e que participem da vida deles. Eu sempre primo pelo amor. O amor fala mais alto que tudo! O conselho que eu dou é esse. Apoiem, beijem, abracem. Vivam próximos de seus filhos!”

Drag queen e Gênero-Fluído

Manoel canta desde pequeno. Mas só há um ano começou a cantar vestido como a drag queen Manoca, percebendo que “poderia colocar a minha feminilidade no meu corpo e na minha arte”.

Genderfluid ou Gênero-Fluído, Manoel se identifica tanto com o gênero masculino quanto com o gênero feminino: um dia se sente mais como menino e em outro mais como menina.

jovem gay sorrindo com e sem peruca drag queen
Manoel e Manoca. Fotos: Arquivo pessoal

Essa é uma descoberta mais recente e, novamente, Manoel tem o apoio do pai, seu maior incentivador na carreira artística.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

“Enquanto todas as pessoas diziam ‘nossa, ele não tem voz pra cantar’, meu pai sempre esteve comigo. Ele falou ‘você vai conseguir!’. Então se não fosse ele, talvez eu tivesse desistido. Mas como eu o tenho, tô mais forte ainda pra ir atrás do meu sonho”, afirma.

Cata esse cover de “Azul da Cor do Mar”, do Tim Maia:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Manoca 💎 (@manocacosta) em

AHAZA, Manoca! Com esse paizão do lado, você vai chegar lá! 🌈

Voltando ao áudio que abriu o texto, o José me lembrou um pai que viu o filho gay beijando uma menina e soltou essa: “Vai ser viado sim. Sem essa de beijar menina viu”. kkk

E, afinal, você sabe o que significa cada letra da sigla LGBT? E LGBTQ+? Vem com o tio que a gente te explica aqui.

selo conteúdo original razões para acreditar

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,634,668SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto une pessoas em uma lista para levar conforto para quem passa por momentos difíceis

Algumas pessoas realmente vieram ao mundo para fazer o bem. É o caso de Carolina Areas, que já criou o Word Rocks, mas quis ir além e...

Sem pacientes, as luzes dos hospitais de campanha da Espanha se apagam

A Espanha, segundo país mais afetado no mundo pela Covid-19, tem muito o que comemorar. O país está vencendo a doença após dois meses...

Noiva fã de Harry Potter ganha casamento temático que é pura magia

O que fazer quando sua noiva é uma potterhead (nome que os fãs de Harry Potter dão a si mesmos)? Acho que planejar um casamento com...

Aplicativo convida pais a criarem histórias com os filhos

O aplicativo gratuito Inventeca convida os pais a criarem histórias com os filhos.

Dove mostra que meninas podem (e devem) aprender a amar seus cachos

Lembram de quando mostramos o vídeo de uma menina de 10 anos, que tem cabelos cacheados incríveis, e fez um vídeo falando que o...

Instagram