Pai e todos os filhos têm ou tiveram algum tipo de câncer, mas não perdem o otimismo

A foto que revela a tatuagem tem uma história que faz chorar, mas os donos desses braços têm sido inspiração para muita gente em Fortaleza, onde moram, e nas redes sociais. Regis e Pedro são, respectivamente, pai e irmão da Bia Mota, que tinha 10 anos e morreu de câncer em junho do ano passado. A tatuagem foi feita logo após a missa de sétimo dia da menina. Uma tia também tatuou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bia era uma menina alegre, que até no hospital fazia paródia e desenhos de tudo que vivia. Ela assinava os desenhos exatamente como na tatuagem, por isso pai e irmão escolheram essa homenagem. A garota morreu com uma Leucemia que não regrediu com nenhuma medicação, nem mesmo um transplante de medula óssea!

Mas, durante todo o tratamento ela surpreendeu a família e a equipe do hospital por ser alegre, cantava e desenhava o tempo todo. “Bia foi uma lição para todos nós”, conta Regis.

família inteira luta com otimismo contra câncer

A questão é que Bia aprendeu a viver assim com o pai e os dois irmãos. Todos têm ou tiveram câncer, por isso viraram um exemplo para Fortaleza, onde moram, e nos hospitais de São Paulo onde fazem tratamentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Regis, o pai, tem uma síndrome rara (Li-Fraumeni) que faz com que a pessoa tenha predisposição a tumores ósseos, na mama, leucemias e outros. Herança genética que passa de pai para filho.

família inteira luta com otimismo contra câncer

família inteira luta com otimismo contra câncer

O primeiro câncer na família apareceu na filha mais velha de Regis, Ana Carolina, com 22 anos e aluna do oitavo período de medicina na UniNove. Ela teve Leucemia e após mais de dois anos de tratamento foi curada. O segundo caso foi o próprio Regis, que descobriu a Leucemia em 2016. No mesmo mês, a família soube que o filho Pedro tinha um tumor maligno na perna. Foi quando fizeram os testes e descobriram a síndrome do pai.

Leia também: Médico brasileiro renomado celebra cura de pacientes com palhaçadas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na mesma época souberam que a Bia também tinha a alteração genética e, um ano depois, a Leucemia se manifestou na menina. Quando a Bia estava em tratamento, o irmão Pedro teve outro tumor no pulmão e foi operado. Agora ele trata o terceiro tumor, na coluna.

Se enfrentar uma doença tão grave é a parte triste da história, a forma como essa família faz isso enche os outras pessoas de esperança. “Aqui em Fortaleza, e também no Instagram, muitos dizem que sou inspiração, que quando pensam nos próprios problemas, procuram se espelhar em mim e encontram coragem para enfrentar!”, conta Regis.

família inteira luta com otimismo contra câncer

Eles e os filhos ficam juntos o máximo de tempo que podem, cantam, se divertem, passeiam, tudo postado com alegria nas redes sociais. Querem sempre passar mensagens de otimismo e de que a vida vale a pena ser vivida. Também não perdem a chance de se lembrarem da Bia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Tento passar não somente para meus filhos, mas para muitos amigos e familiares, que a vida tem que ser vivida intensamente, dia a dia, hora a hora, minuto a minuto, com alegria e sabedoria, pois não sabemos o dia de amanhã como será, o que pode acontecer, então vivamos o hoje”, conta Regis.

Ele admite ser impressionado com a resiliência e força emocional dos filhos, inclusive durante tratamentos tão difíceis. “A Ana Carolina tem uma luz… durante o tratamento dela me acalmava e dizia que não ia me largar tão cedo. O Pedro enfrenta o terceiro tumor com força sem igual e a Bia… a Bia vão tinha explicação para tanta alegria e coragem!”

Alegria e coragem visível nos vídeos, fotos e mensagens que os três sobreviventes postam em suas redes. Ao Navegar pelos perfis deles ninguém imagina o que vivem. Regis acredita, e ensinou os filhos a acreditarem, que a missão de cada um é semear alegria nesse mundo!

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

família inteira luta com otimismo contra câncer

Por Nalu Saad/crédito das fotos: Arquivo da família

 

Quer ver a sua pauta aqui? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,067,715SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Furacão Harvey: Essas fotos de resgates vão restaurar sua fé na humanidade

O furacão Harvey foi o maior que atingiu o estado do Texas em 50 anos. Porém, um exército diverso de voluntários, tropas de guarda...

Picolezeiro leva pá e cava piscinas para criançada brincar em praia de João Pessoa (PB)

Uma linda atitude de um vendedor de picolé chamou a atenção dos banhistas de uma praia em João Pessoa (PB). O homem trouxe uma pá...

Foto de torcedor são-paulino ajudando um deficiente visual corinthiano no metrô viraliza na web

A gente já disse aqui no Razões - mais de uma vez, que a empatia é a ferramenta que vai mudar o mundo e...

Fisioterapeuta chora ao ver menino dando primeiros passos sozinho; assista

O vídeo que mostra uma fisioterapeuta emocionada, chorando ao ver seu pequeno paciente dando os primeiros passos, emocionou também os internautas. Eduardo, o Dudu, faz...

Vídeo mostra que não devemos julgar o livro pela capa

Este pequeno vídeo, mostra de forma clara o quão estamos imbuídos de pré-conceitos e julgamentos. Fazemos isso a todo instante, e as vezes perdemos...

Instagram

Pai e todos os filhos têm ou tiveram algum tipo de câncer, mas não perdem o otimismo 2