Pai orgulhoso desafia as pessoas a ‘lutarem com ele’ depois que filha com Down se forma na faculdade

Ter filhos é sentir seu coração bater fora do corpo. É assim que se sente Jay Handlin, o pai mais orgulhoso do planeta, ao compartilhar a alegria em ver sua filha Rachel se formar na faculdade. Ela tem síndrome de Down e acaba de se formar no icônico Instituto de Artes da Califórnia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

rachel com trabalho na faculdade
Foto: Jay Handlin

Jovens do mundo inteiro sonham em estudar nesta universidade, que já formou diversos artistas. Rachel acaba de se juntar a eles e a encher seu pai de orgulho.

No entanto, a luta contra o preconceito e os milhares de estereótipos que a sociedade carrega, continua. Por isto, Jay desafiou as pessoas a ‘lutarem com ele’, afinal, muitos pais passam pela mesma situação.

Segundo estatísticas, apenas 1 pessoa em 1 milhão com síndrome de Down conclui o ensino superior. É por isto que este pai luta todos os dias, para que outros jovens com síndrome de Down não desistam de seus sonhos e tenham seu lugar ao sol.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

pai de rachel no computador
Foto: Jay Handlin

Comemorando esta importantíssima conquista, médicos do Pediatric Therapy NetworkRede de Terapia Pediátrica, que acompanharam todo o desenvolvimento de Rachel, compartilharam em seu site: “Rachel foi a primeira embaixadora júnior da PTN e não poderíamos estar mais orgulhosos dela!”.

Orgulho de pai

“Esta é minha filha, Rachel Handlin. Hoje à noite, ela obteve seu diploma de Bacharel em Belas Artes em Fotografia e Mídia pelo prestigiado California Institute of the Arts. Rachel tem síndrome de Down. Sou oficialmente o pai mais orgulhoso do planeta. Lute comigo” – ele twittou.

Uma declaração de amor destas não demorou para viralizar e, em poucas horas os próprios professores de Rachel começaram a relembrar da trajetória da garota.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um deles foi Rafael Hernandez, que leciona Iluminação no curso de fotografia.Rachel estava na minha primeira aula de iluminação que eu lecionei em Calarts, estou muito feliz por ter participado de sua jornada em Calarts”, escreve.

rachel e seu professor rafael
Foto: Twitter

Cheia de talentos, assim como qualquer outro jovem, Jay explica que está muito feliz com as conquistas da filha, mas evidencia a necessidade de apoio de uma equipe incrível, como pais, terapeutas, auxiliares, professores, tutores e, sobretudo, amigos.

rachel em expo de fotografia
Foto: Twitter

Se o mundo de hoje é extremamente competitivo, jovens como Rachel precisam enfrentar uma luta diária para poderem participar do mercado de trabalho e isto acontece por falta de oportunidade e não pela capacidade. É por isto que a jovem acaba de tornar-se a mais nova representante de uma classe de jovens que precisam de mais representatividade.

rachel em paris
Foto: Jay Handlin

Com mais de 200 mil likes, diversos pais de filhos com síndrome de Down começaram a agradecer Jay. “Parabéns, Rachel, e obrigado por compartilhar isso, Jay! Que inspiração e prova de que nossos filhos têm MUITO para oferecer a este mundo. Tão feliz por vocês dois”, dizia uma mãe.

rachel na faculdade
Foto: Twitter

Logo abaixo, um pai dizia: “Eu tenho uma filha de 5 anos com síndrome de Down. Isso é tão incrível de se ver! Obrigado por estimulá-la para alcançar seu pleno potencial e por mostrar àqueles ao seu redor para perceber do que ela é capaz!” escreveu.

rachel orgulhosa em expo
Foto: Jay Handlin

Rachel viajou à Paris, à Nova York e participou de inúmeras exposições de arte e fotografia com seus trabalhos. Garota talentosa, o fato dela ter um cromossomo a mais certamente não a impedirá de voar longe. Este é apenas o começo de uma história repleta de realizações!

Fonte: Shareably

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,607SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sem dinheiro para passagens, ginasta vende cocada para ir a campeonato

Faltando uma semana para o campeonato Sul-Americano de Ginástica de Trampolim, na Colômbia, a pequena ginasta Letícia vende cocada para comprar as passagens da viagem.

Brasil terá primeira usina que gera energia por meio de esgoto e lixo no Paraná

Após alguns anos de estudos de viabilidade, o Brasil receberá a construção da primeira estação de geração de energia através de resíduos indesejáveis. Lixo e...

Após repercussão, “menino do wi-fi” ganha internet, notebook, bolsa de estudos e vaquinha bate 50 mil!

É isso, minha gente! Ontem (8), contamos a história do Willian, que pega emprestado o Wi-Fi de um açougue para estudar no banco de...

Menino de 9 anos pede por família em reportagem, viraliza e recebe mais de 5 mil pedidos de adoção

“Ter uma família, família e família. É o único desejo que tenho”. Foi o que disse Jordan para uma jornalista, quando ela perguntou o...

Alunos criam pulseira que alerta pais surdos quando bebê chora

Um dos grandes desafios de pais surdos ou que sofrem com a perda significativa da audição é identificar o choro do seu filho quando...

Instagram