“Era a vida dele ou as contas”, diz pai que perdeu a casa em troca da vida do filho

Luiz Antônio Azevedo, 65 anos, é pai do Danilo, e mostrou ao mundo que para ele não existe nada mais importante do que a vida do filho: “Era a vida dele ou as contas”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em 2002, Danilo sofreu um acidente que o deixou acamado permanentemente. Ele estava em casa quando de repente teve uma anoxia cerebral, falta de oxigênio no cérebro, deixando Danilo tetraplégico.

“Demorou apenas 11 minutos para chegar ao hospital e já chegou praticamente morto”, lembra Luiz.

Danilo ficou 28 dias na UTI e mais três meses no hospital tentando uma recuperação. Foi difícil para Luiz aceitar o que tinha acontecido ao filho, já que sua vida estava apenas começando e ia muito bem.

“Ele tinha 18 anos, estudava, trabalhava em dois lugares, era modelo e ia participar de uma novela, tinha recebido a carta naquela semana.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

modelo homem modelo mulher desfilando passarela
Danilo fazia faculdade de jornalismo e trabalhos como modelo. Recebeu convite para atuar em novela na semana que foi levado ao hospital. Foto: Arquivo pessoal

Pai gastou todas as suas economias e contraiu dívidas

Danilo voltou para casa pesando 38 kg a menos de quando deu entrada no hospital e se comunicando apenas pelo olhar. Luiz teve ajuda no início para cuidar do filho, porém foi ficando sozinho.

“Sou divorciado e adaptação foi muito difícil. No começo, alguns amigos ajudaram, mas aos poucos as pessoas foram sumindo.”

jovem usando touca cabeça deitado cama hospital
Foto: Arquivo pessoal

Pra sorte de Luiz, apareceu uma cuidadora voluntária, a Maria Tereza, “essencial para manter o Danilo conosco”, afirma o pai de Danilo. Porém, a situação foi ficando cada vez mais difícil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Além do tempo que é necessário dedicar, todo o cuidado é muito caro, e minhas reservas do meu trabalho de comerciante, venda do carro… Gastei tudo rapidamente.”

Ordem de despejo

Sem conseguir pagar as parcelas de condomínio e IPTU, por conta dos altos gastos com o tratamento do filho, o apartamento da família, que mora em Santos, litoral de SP, foi levado à leilão.

“Ou eu pagava as contas ou eu deixava meu filho vivo. Tentei acordo, passei por seis advogados… Mas no terceiro leilão, em 2019, meu apartamento foi arrematado por um preço absurdamente baixo”, lembra.

Infelizmente, não houve perdão das dívidas, como do pai que também largou tudo para cuidar da saúde do filho que possui uma doença rara.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

pai beija cabeça filho deitado leito hospital
Amor de pai. Foto: Arquivo pessoal

Luiz, Danilo e uma irmã de Luiz, já idosa, só não foram despejados ainda por conta da pandemia. Até que esse dia chegue, a família espera ter encontrado um novo lar com a ajuda de uma vaquinha online, de familiares, amigos e desconhecidos que conheceram sua história na internet.

Uma das pessoas que estão liderando a vaquinha é amigo de infância de Danilo.

“É um rapaz que esmo estando naquela situação, não nega um sorriso para ninguém. Antes da pandemia, eu ia na casa dele direto, mas agora nos falamos por ligações de vídeo. E continuo brincando com ele normalmente: lembro das nossas histórias, dos apelidos que ele me dava… Ele dá muita risada, dá para ver que se diverte”, conta Antônio Luiz Giardino.

Antônio diz que também sonha encontrar alguma tecnologia que permita que seu amigo se comunique novamente. Ele imagina uma das primeiras coisas que Danilo diria.

“Se fosse um dispositivo para escrever, tenho certeza que eu leria ‘porco branco’, como ele me chamava na frente das meninas na adolescência. O Danilo sempre foi e continua bem-humorado”, brinca, rindo.

Bora dar uma força à vaquinha, gente? Clique aqui.

[ASSISTA: Segundo episódio do programa do Razões para Acreditar: Era Só  O que Faltava!] 

Tem corte de cabelo com ajuda de vídeo-chamada, tem giro de notícias com nosso comentarista mirim, tem Marcos Mion mandando recado pra menino autista e por aí vai.. bota o fone, e fica com a gente:

Fonte: VIVA BEM

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,644,941SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotógrafo captura expressões hilárias de cães pegando seus petiscos

O fotógrafo Christian Vieler, da cidade de Waldrop, na Alemanha, fez uma série de fotos hilárias com cachorros tentando pegar petiscos no ar. Ele queria...

Esta novaiorquina vive há 2 anos sem produzir nada de lixo em sua vida

Conheçam Lauren Singer, de 23 anos, que vive o estilo de vida chamado 'lixo zero' em Nova York e faz seus produtos do cotidiano...

‘Galinha Pintadinha Mini’ chega à Netflix com episódios educativos para crianças menores

A Netflix anuncia a estreia de Galinha Pintadinha Mini no dia 17 de agosto.  Com uma roupagem mais moderna da personagem, a nova série traz histórias...

Mães de crianças com doenças raras lutam para conquistar o diploma de graduação

Conheça o projeto Mães Produtivas, que oferece bolsas de estudo para mulheres com filhos nessa condição.

Creche de SP ensina crianças a conviver com deficientes e estrangeiros sem preconceito

Na creche pré-escola Oeste da USP (Universidade de São Paulo), a diversidade é parte da rotina. A unidade, que fica na Cidade Universitária, em São...

Instagram