Após 4 anos em lista de espera, pai solteiro em MT adota bebê e afirma: ‘Muito feliz e realizado’

Foram 4 anos na fila de espera até o servidor público Wellington Corrêa, 46 anos, conseguir a guarda provisória de uma bebê de 3 meses, em Cuiabá (MT).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Wellington teve a guarda de seis meses concedida no início deste mês pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que também autorizou a licença paternidade para estar mais próximo da filha durante esse período.

De acordo com o Tribunal, esta é a primeira vez que uma licença paternidade é concedida a um servidor solteiro e adotante.

pai solteiro adota bebê em mato grosso

Como afirma nossa Constituição Federal, a licença para pais e mães devem ser iguais, obedecendo o “princípio da dignidade da pessoa humana e da igualdade entre filhos biológicos e adotados”, sem distinções entre pai e mãe adotante.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde que conseguiu a adoção temporária, Wellington, que mora sozinho, tem pedido ajuda e conselhos de amigos e familiares para prover os melhores cuidados à bebê.

“Pedi dois dias para o juiz para poder me organizar e comprar as coisas para ela. Foi uma correria. Algumas amigas e mães me deram dicas valiosas, pois pai de primeira viagem e ainda solteiro não tem a mínima noção do que comprar”, disse.

As noites de sono têm sido tranquilas, uma vez que a menininha dorme bastante. De dia, no entanto, há trabalho de sobra.

pai solteiro adota bebê em mato grosso

“Minha vida mudou completamente. É um cansaço prazeroso. Estou muito feliz e realizado. Toda a minha família está com a atenção voltada para a Ana. Apesar de não estarem perto, porque não moram na cidade, sempre ligam para saber como ela está”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Wellington conta que sempre quis adotar uma criança – foram anos de preparação psicológica até acolher a pequena Ana.

“Isso sempre foi muito formado na minha cabeça desde meus 20 anos. Na época, vi que não tinha maturidade, estrutura física e financeira para isso, mas amadurecendo a ideia e me preparando para entrar com o processo de adoção e finalmente esse tempo chegou”, afirmou.

Em 2016, sentindo-se pronta para adotar, o servidor entrou no site do Tribunal de Justiça e enviou a documentação para ser habilitado à guarda. Também fez um curso preparatório que ensina sobre adoção, criação, entre outros cuidados necessários para o bem estar dos pais e da criança.

Após 4 anos em lista de espera, pai solteiro em MT adota bebê e afirma: 'Muito feliz e realizado' 2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Às vezes as pessoas pensam que adoção é pegar uma criança e pronto, mas não é bem isso. Você não sabe o histórico, o tamanho, os problemas que cada uma carrega. Geralmente, o histórico de crianças colocadas para adoção não é bom, mas você precisa encarar aquilo”, pontuou.

Ao final do curso, o servidor ficou habilitado na lista de espera municipal, estadual e nacional. Nesse-meio ele era acompanhado por uma psicóloga, até receber a notícia de que havia uma bebê disponível para a adoção.

Após 4 anos em lista de espera, pai solteiro em MT adota bebê e afirma: 'Muito feliz e realizado' 3

“Foi uma surpresa quando soube que poderia ser pai de uma bebê. No processo de habilitação informei que queria uma criança de até 5 anos, pois desejava estar perto nesse período da infância. Mas, quando fui conhecer a Ana, senti algo que não dá para explicar. Senti que era a minha vez”, disse.

Para Wellington, os próximos seis meses de convivência serão essenciais para ele conseguir a guarda definitiva de Ana.

A adoção é prazerosa. O processo é difícil, mas o interessante é esse desafio que enfrentamos. As pessoas deveriam conhecer mais sobre, se animar mais, pois há muitas crianças precisando de apoio e há muitos lares que podem recebe-las“, concluiu.

Veja também:

Fonte: 1News (iG)
Fotos: Wellington Corrêa/Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,848SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mergulhadores retiram mais de 1 tonelada de lixo do oceano e quebram recorde mundial

Um grupo de mergulhadores se reuniu no píer de pesca internacional de Deerfield Beach, na Flórida, EUA, num mutirão de coleta de lixo jogado no...

Campus Party doa 230 barracas do evento para acolhimento emergencial em SP

A Campus Party, um dos maiores eventos do mundo, focado em universo digital, inovação e criatividade, conseguiu arrecadar um item muito simples, mas de...

Cachorrinha com uma orelha só encanta a web: ‘Parece um unicórnio’

Uma lesão acidental durante o nascimento da cachorrinha Rae obrigou os veterinários a amputarem sua orelha direita. Com o passar dos anos, a orelha...

Brasileira oferece educação e cultura para crianças do Quênia

O Hai África (Hai significa "Viva", em Swahili) é um projeto da brasileira Mariana Fischer que começou com uma expedição voluntária por dois...

Seleção de fotos de Pais e Filhas vão fazer derreter seu coração

Amor conjugal, amor ao próximo, não há amor que se compare ao que existe entre pais e filhos. Hoje vamos ver uma coleção de...

Instagram

Após 4 anos em lista de espera, pai solteiro em MT adota bebê e afirma: 'Muito feliz e realizado' 4