Engenheiros criam painéis solares que podem produzir energia à noite sem necessidade de baterias

Os painéis solares são uma excelente alternativa às fontes de energia tradicionais, mas apresentam uma limitação: eles só podem gerar eletricidade durante o dia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para mudar isso, engenheiros da Universidade de Stanford, nos EUA, desenvolveu painéis capazes de produzir eletricidade à noite sem a necessidade de baterias!

Em entrevista ao portal NPR, os pesquisadores disseram que o dispositivo pode servir tranquilamente como uma “fonte de energia renovável contínua para o dia e a noite”.

painéis solares produzem energia a noite

À noite, os painéis – que ainda estão em fase intermediária de estudos, com protótipos – já conseguem gerar energia suficiente para carregar um telefone ou manter uma luz de LED acesa a madrugada toda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cada painel solar tem um conjunto de células feitas de camadas de material semicondutor. Quando o sol irradia energia em direção a um, ele cria um fluxo de eletricidade e a energia solar é colhida.

Como os painéis tradicionais só produzem energia durante o dia, muitas áreas rurais que dependem de sistemas solares fora da rede precisam instalar armazenamento de bateria para coletar energia durante o dia e armazená-la para ter o suficiente à noite. No entanto, essas baterias podem ser caras.

painéis solares produzem energia a noite

Felizmente, agora há uma alternativa superior e mais barata a caminho de ser disponibilizada para todos!

Quando o sol se põe, os painéis solares deixam de receber calor e o irradiam para o ambiente exterior. Isso torna o dispositivo mais frio que o ar noturno, e os pesquisadores trabalham para que essa diferença de temperatura possa ser convertida em energia também.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O equipamento usa um gerador termoelétrico, que pode extrair eletricidade dessa pequena diferença de temperatura entre a célula e o ar. Este processo depende do projeto térmico do sistema, que possui um lado quente e um lado frio.

painéis solares produzem energia a noite

“Nós queremos que a dinâmica termoelétrica tenha um contato muito bom tanto com o lado frio, que é a célula solar, quanto com o lado quente, que é o ambiente”, explicou o engenheiro Sid Assawaworrarit. “Com isso, conseguiremos produzir energia literalmente do frio”.

A configuração é barata e pode ser incorporada em células solares existentes. Na verdade, a própria termoelétrica é o componente mais caro do sistema. Também é super simples, por isso é viável construí-los em locais remotos com recursos limitados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Nossa invenção pode fornecer iluminação e energia noturna em lugares distantes, onde as instalações de células solares estão ganhando popularidade”, completou o estudo.

O uso de eletricidade à noite para iluminação requer apenas alguns watts de energia. O dispositivo atual inventado por Stanford produz 50 miliwatts por metro quadrado, o que significa que seriam necessários 20 metros quadrados de área fotovoltaica – um número considerado baixo e acessível.

painéis solares produzem energia a noite

Agora, os pesquisadores procuram melhorar os componentes termoelétricos e o isolamento térmico do dispositivo para que ele produza ainda mais energia. Eles estão analisando novos conceitos de engenharia na célula solar para refinar seu desempenho de resfriamento radiativo (que gera eletricidade) sem afetar sua capacidade de coleta de energia solar.

Nos últimos anos, o preço da energia solar diminuiu, tornando-a mais acessível ao público. Algumas empresas já consomem apenas energia solar, e a Califórnia, onde a descoberta ocorreu, tem incentivado a mudança entre seus cidadãos para a energia solar.

“Diante da incerteza do fornecimento global de energia não-limpa, devemos aumentar a produção de energia limpa e eliminar nossa dependência de nações hostis para nossas necessidades energéticas”, disse Abigail Ross Hopper, presidente e CEO da Solar Energy, em referência à Rússia, que exporta gás e petróleo, e segue em guerra com a Ucrânia.

Com uma estimativa de 770 milhões de pessoas em todo o mundo sem eletricidade, esses novos painéis solares podem ser um verdadeiro divisor de águas e mudar o mundo tal qual o conhecemos!

Fonte: NPR
Fotos: Stanford University

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Engenheiros criam painéis solares que podem produzir energia à noite sem necessidade de baterias 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Robô ‘limpa-praia’ movido a energia solar coleta lixo plástico 30 vezes mais rápido que os humanos

Voluntários e pesquisadores da ONG '4Ocean', entidade sem fins lucrativos que organiza mutirões de limpeza de dezenas de praias norte-americanas, desenvolveram um robô 'limpa-praia'...

A família que tem o mundo como quintal

Há quase 5 anos que Jason, Angela e seu filho Bode saíram dos EUA para dar uma voltinha de Kombi Westfalia. Deveria durar 12 meses,...

Canela pode ajudar no controle da diabetes, aponta estudo brasileiro

A diabetes ainda faz parte de um índice preocupante para a saúde pública no Brasil. São cerca de 16,8 milhões de adultos diagnosticados, além...

Enfermeira ucraniana que perdeu as pernas na guerra dança com marido após casamento em hospital [VIDEO]

Em março deste ano, no auge da invasão russa contra o território ucraniano, a enfermeira Oksana Balandina estava de casamento marcado com Viktor Vasyliv...

Casal de cães vai diariamente ao mercado esperar pelo dono falecido há dois anos em SP

Se você ama cachorríneos assim como a gente, deve conhecer o filme "Sempre ao seu lado", estrelado por Richard Gere. Pois a história contada no...

Instagram

Engenheiros criam painéis solares que podem produzir energia à noite sem necessidade de baterias 3