Saiba porque os pais deveriam investir mais em viagens com os filhos do que em brinquedos

banner reserva

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você acha que pessoas que gastam dinheiro com experiências certamente são mais felizes do que pessoas que acumulam coisas e bens materiais? Se não acha, pode repensar seus conceitos.

Além do mais, se você queria uma boa “desculpa” para poder sair conhecendo o mundo por aí com seus filhos, você acaba de conseguir.

Pesquisas recentes comprovaram que as viagens em família influenciam significativamente sobre a felicidade e o bem-estar geral das crianças. Além de se divertirem muito, a importância que elas exercem para o crescimento emocional dos pequenos é enorme.

Crédito: Pixabay

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A pesquisa publicada no Journal of Commercial Research descobriu que férias ou passeios exercem um impacto maior nos filhos do que presentes materiais.

Para que o cérebro infantil possa se desenvolver melhor, é importante conhecer novos lugares e fazer atividades novas. Isso ajuda a desenvolver partes do cérebro associadas ao gerenciamento de estresse e à capacidade de aprender.

Também foi comprovado que crianças que viajam de férias retornam à escola e obtêm notas mais altas em leitura, matemática e conhecimento geral do que seus colegas que não viajam. E não, não é necessário ser rico para isso. Um simples passeio com poucos gastos para uma cidade próxima ou um passeio gratuito já conta! O que importa é a experiência de conhecer novos lugares.

Segundo os pesquisadores, o benefício dessas experiências não acontece apenas em curto prazo, mas também em longo prazo, pois ajudam na construção de memórias e lembranças positivas.

Outro estudo realizado na Grã-Bretanha comprovou que a maioria das pessoas escolhem as férias de  família em suas infâncias como suas férias favoritas. Isso mostra que tais memórias se tornam parte da nossa identidade e da maneira como vemos o mundo. O planejamento da viagem também faz bem para a conexão da família e pode ajudar a criança a aprender sobre economia. Um exemplo prático é que a família pode ensinar aos filhos a terem um cofrinho para que possam juntar dinheiro e ajudarem a pagar lembrancinhas e outras despesas na viagem. 😉

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As pesquisas também mostram que experiências tornam os adultos mais felizes do que bens materiais. Mesmo que sua TV seja a sua companheira diária, provavelmente ela não te  trará lembranças tão boas como as da sua última viagem.

Crédito: Pixabay

No meio de tantas pesquisas, uma coisa é certa: especialistas concordam que você deve investir seu dinheiro em viagens e nas suas férias, se quiser ser mais feliz e que viajar faz bem para todos, não somente para quem têm filhos.

Boa viagem! 🙂

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

barra reserva

Via 

Coleção ACREDITAR

Comprando 1 peça, você garante um dia de aula de uma criança. Consumo consciente na parceria entre Razões & Euzaria. Compre aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,512SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

E se os papéis de gênero na publicidade fossem revertidos?

No vídeo abaixo, bolaram uma brincadeira para zoar os estereótipos e diferenciação de gênero na publicidade. E se colocassem homens atuando nas posições sexualizadas das...

Funcionários de hospital criam homenagem para doadores de órgãos

A ação desse hospital para incentivar as pessoas a serem doadores de órgãos certamente impressionou muitos por aí. O St. Luke's Medical Center, em...

Nutricionista vende rifa beneficente para ajudar instituições de São Paulo

É uma rifa beneficente e 100% do valor será revertido para as instituições. Os prêmios vão desde viagens a tratamento odontológico.

Empresa vai doar 15 mil pares de meia para moradores em situação de rua na Califórnia

Os pares de meias são suficientemente duráveis e quentes para os desabrigados resistirem ao frio.

42 momentos poderosos de compaixão humana em face da violência

Ao falarmos de guerra, o que mais escutamos são as contagens dos corpos das vítimas, porém apesar de difícil de lembrar, ainda existe uma imensa compaixão humana que prospera em...

Instagram