Paixão por ônibus cria amizade entre menino de três anos e motorista

O pequeno Benicio Dini, de 3 anos, e o motorista Donizete Aparecido, de 46, se tornaram amigos por conta de uma paixão em comum: ônibus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Todos os dias o garoto sai da escolinha no bairro Santa Lúcia, em Campo Limpo Paulista (SP), e já corre para o ônibus, onde cumprimenta o amigo motorista, responsável pela linha municipal Moinho/408, que passa pela escola de Benicio.

Donizete reconhece o parceiro de longe, assim que ele vira a rua, acenando com euforia quando o veículo para no ponto de ônibus do colégio. “É muito gratificante ver o carinho do Benicio. Sou motorista há 27 anos e sempre trato todos com muito respeito e não seria diferente com as crianças”, afirma.

A dupla fez amizade no ano passado. Os pais do garoto, Noemi e Rafael Dini, destacam que a “alegria do filho é o maior presente que poderia nascer desta amizade inusitada.”

Paixão por ônibus cria amizade entre menino de três anos e motorista

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O Benicio sempre faz aquela festa quando vê um ônibus passar. O motorista Donizete se tornou seu amigo. Todos os dias, Donizete dispensa alguns segundos para a alegria do meu filho. Ele buzina, pisca as luzes, manda joia, abraços e o Benicio, encantado, orgulhosamente me diz: “Mamãe, você viu o que o meu amigo fez pra mim?”, conta Noemi.

Leia tambémEstudantes da UniNorte homenageiam motorista e cobradora de ônibus durante colação de grau

Benicio não costuma utilizar o transporte público diariamente. Assim, quando usa, os ônibus acabam se tornando um “passeio divertido”, um “hobby familiar”.

“Desde que meu filho começou a se comunicar já percebemos que ele gostava do veículo. Aos finais de semana, meu esposo o leva para andar de ônibus e os avós chegam a acompanhá-lo a porta da garagem dos ônibus da cidade para ele ver a movimentação”, relata a mãe.

No Natal passado, a família de Benicio presenteou Donizete com uma cesta natalina para agradecê-lo pela amizade e carinho com o pequeno. “A gente quis presenteá-lo por todo o carinho e pelo tempo que ele desprende para dar um ‘oi’ ao nosso filho. Isso nos comove e também a todos que vêm a cena diariamente”, destaca Rufino.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paixão por ônibus cria amizade entre menino de três anos e motorista

O motorista revela que não é a primeira vez que seu trabalho encanta uma criança. “Já fui motorista escolar em uma empresa diferente da atual em que trabalho, na Zona Oeste de São Paulo. À época, ninguém queria fazer a linha escolar, mas eu sempre soube lidar com as crianças e era o primeiro a me oferecer para o transporte delas”, lembra.

Ele conclui dando um conselho: “O Benicio é especial. Temos que aprender a ser mais como as crianças. Elas veem beleza naquilo que costumamos desprezar e o coração delas abraça a todos sem preconceitos.”

Leia tambémMotorista de ônibus interrompe viagem para socorrer passageira em Petrolina (PE)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Tudo com Você
Fotos: Arquivo pessoal

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,835,148SeguidoresSeguir
24,725SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filho de lavradores e quilombola, João será médico do seu povoado

Quilombola, filho de lavradores, nascido e criado na roça... Médico.

Noiva realiza desejo de avó de 102 anos, e idosa morre dias depois

Pouco antes da cerimônia de seu casamento, em junho do ano passado, a corretora de imóveis Tara Bars descobriu que sua avó, de 102...

Belo Horizonte ganha primeira agrofloresta urbana comunitária de MG

Além de oferecer alimentos saudáveis, o projeto rearboriza a cidade, reabilita áreas abandonadas e promove a integração da comunidade entre si e com a região onde mora – e ainda oferece uma nova possibilidade de renda.

Casal ajuda mãe humilhada após pedir bolo de aniversário para o filho de 2 anos

A mãe queria muito um bolinho de aniversário para o filho de dois anos, ao invés de empatia, recebeu críticas e julgamentos.

Ela foi expulsa de casa em Bangladesh por recusar a se prostituir mas se tornou um ícone do surf anos depois

Nascer mulher em determinados lugares é nascer muitas vezes condenada a uma vida subjulgada. Esse seria o caso de Nasima Akter, nascida em Bangladesh, mas ela não...

Instagram

Paixão por ônibus cria amizade entre menino de três anos e motorista 3