Família de papagaios acolhidos durante tempestade de granizo retorna à natureza no PR

Pelo menos 50 papagaios, incluindo uma família com uma ninhada de filhotes que foram vítimas de uma chuva de granizo em maio deste ano foram devolvidos à natureza nesta semana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com o Instituto Água e Terra (IAT) do Paraná, as aves estavam machucadas recebendo tratamento em hospitais veterinários do estado.

Durante a chuva de granizo que atingiu Santa Mônica, no noroeste paranaense, no dia 30 de maio, mais de 100 papagaios morreram e dezenas ficaram feridos.

Nos últimos dois meses, dezenas de voluntários se organizaram para salvar a vida das aves feridas e possibilitar a recuperação das ninhadas e suas famílias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a ajuda do Hospital Veterinário da Unifil, em Londrina, e o Hospital Veterinário da Unicentro, em Guarapuava, os animais receberam anti-inflamatórios, antibióticos e medicamentos homeopáticos, além de curativos.

“Um trabalho em conjunto com a Força Verde nos permitiu um atendimento rápido e preciso nesse desastre natural que ocorreu na região. A agilidade no primeiro atendimento preserva a vida da fauna vitimada”, afirmou o diretor de Políticas Ambientais da Sedest, Rafael Andreguetto.

Depois de dez semanas de recuperação, os papagaios enfim foram libertos de volta à natureza. A soltura das aves aconteceu no mesmo local da chuva de granizo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Todos apresentam boas condições de saúde. O importante é que agora eles foram inseridos na natureza, no habitat natural deles”, afirmou o chefe regional do IAT em Paranavaí, Hélio Vasconcelos Filho.

Nos próximos dias, os fiscais do IAT continuarão monitorando os animais para avaliar o comportamento deles após seu retorno à natureza.

“Uma resposta rápida como a que foi dada nessa situação de emergência somente foi possível graças à integração entre instituições parceiras e ao sistema de gestão de fauna silvestre implantado no Paraná, com o estabelecimento de uma rede de parcerias em diversas regiões do Estado”, completou a bióloga e chefe do Setor de Fauna do IAT, Paula Vidolin.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Todas as aves foram resgatadas por fiscais do IAT, órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), e policiais do Batalhão de Polícia Ambiental – Força Verde (BPAmb) em uma área rural do município de Santa Mônica, perto de Paranavaí.

Quer mais uma história inspiradora? Confira!

Fonte: GM Online
Fotos: Polícia Ambiental

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cachorrinho que passou semanas em porta de hospital esperando tutor falecido é adotado no Ceará

Um cachorrinho passou semanas na porta de um hospital do Ceará esperando seu tutor sair de lá para buscá-lo. O peludo não sabia, mas infelizmente...

43 marcas de cosméticos do Brasil que não testam em animais

Os animais nem sempre recebem o amor e carinho que merecem. Muitas vezes são tratados inadequadamente por algumas marcas, entre elas as de cosméticos,...

Menina que conquistou 3 ouros correndo descalça ganha ajuda da Nike

Uma menina conquistou três medalhas de ouro em uma competição de corrida nas Filipinas correndo apenas com ataduras coladas nos pés para não se...

Esta cadelinha pega elevador todos os dias para fazer companhia a idosos de asilo

O trabalho da cadelinha Nala é visitar os pacientes de um centro de cuidados de idosos em Minnesota, Estados Unidos. Ela faz uma ronda...

Sem pacientes, as luzes dos hospitais de campanha da Espanha se apagam

A Espanha, segundo país mais afetado no mundo pela Covid-19, tem muito o que comemorar. O país está vencendo a doença após dois meses...

Instagram