Papagaios-de-peito-roxo ameaçados de extinção são devolvidos à natureza em MG

Uma notícia para nos encher de motivos para acreditar que o bem não está em extinção. Esta semana, um projeto realizou a soltura de 18 papagaios ameaçados de extinção na natureza em Minas Gerais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os papagaios-de-papo-roxo são animais silvestres típicos da América do Sul, mas estão ameaçados pelo tráfico de animais e a perda de hábitat. Estima-se que existam apenas 4 mil bichos da espécie.

Por isso, os 18 bicudos que estavam em zoológicos, criadouros e mantenedouros de fauna foram levados pelo projeto Voar, da ONG Waita, em parceria com o Ibama e o Instituto Estadual de Florestas (IEF) de Minas Gerais, para serem soltos em Dom Joaquim (MG).

Dois papagaios em viveiro
Foto: Diego G. Oliveira/Projeto Voar

Eles passaram uma semana em ambientação na Fazenda Esperança, que é uma área de soltura cadastrada pelo Ibama, além de ter um nome super sugestivo. Depois da aclimatação em viveiros, que é uma adaptação ao clima local, eles foram treinados para aprenderem a se alimentar na mata e a se defenderem de predadores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quatro papagaios verdes em tela se alimentando em cano
Papagaios foram treinados para se alimentarem na mata. Foto: Diego G. Oliveira/Projeto Voar

Os moradores da região, os alunos das escolas locais e os agentes comunitários de saúde também receberam instruções para não atrapalharem o desenvolvimento dos novos vizinhos. Em seguida, os papagaios foram finalmente soltos.

Dois papagaios fazendo afagos entre eles
Papagaios se adaptaram muito bem à natureza. Foto: Diego G. Oliveira/Projeto Voar

Eles ganharam a liberdade aqui nos céus de Dom Joaquim. E a gente espera que eles façam vários filhotinhos, que a população prolifere e cresça muito“, disse Fernanda Sá, presidente do projeto.

SOS Pantanal: ONG precisa de ajuda para continuar salvando milhões de animais contra seca e queimadas. Criamos uma vaquinha no VOAA. Clique e contribua!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os papagaios são as principais vítimas de tráfico animal no Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS). O projeto Voar é realizado desde 2012 e também já colocou outros papagaios da espécie Amazona aestiva na natureza.

Papagaio comendo flor
Papagaio passando por treinamento alimentar. Foto: Diego G. Oliveira/Projeto Voar

Dez aves receberam colares eletrônicos que transmitem informações de localização e elas serão monitoradas pela equipe do WAITA durante 12 meses. “A gente se sente muito feliz de poder devolver a liberdade para esses papagaios e ver esses animais executando comportamentos que eles nunca desenvolveram em cativeiro é muito gratificante”, disse Sá.

Papagaio-de-peito-roxo com colar eletrônico no pescoço
Papagaios serão monitorados. Foto: Diego G. Oliveira/Projeto Voar

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esse projeto possui o financiamento da Loro Parque Fundación, uma importantíssima fundação espanhola que apoia projetos de conservação relevantes no mundo, além de contar com diversos apoiadores como universidades federais, IBAMA, IEF, EBEC, SICOOB, Log Nature, Prefeitura de Dom Joaquim, Fazenda cachoeira, Fazenda Carvalhos, Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica de Belo Horizonte, AMDA, Parque Ecológico de Itabirito.

Dois papagaios em árvore dentro de viveiro
Foto: Diego G. Oliveira/Projeto Voar

Como diria o escritor Mia Couto, “Não é segurando nas asas que se ajuda um pássaro a voar. O pássaro voa simplesmente porque o deixam ser pássaro“.

Papagaios-de-peito-roxo ameaçados de extinção são devolvidos à natureza em MG 2

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Aos 78 anos, ex-zeladora realiza sonho e se forma na Universidade de Stanford

Nunca é tarde para estudar e mais um exemplo disso vem lá do Alabama, nos Estados Unidos. Vivian Cunningham tem 78 anos e trabalhou...

Fotógrafo captura expressões hilárias de cães pegando seus petiscos

O fotógrafo Christian Vieler, da cidade de Waldrop, na Alemanha, fez uma série de fotos hilárias com cachorros tentando pegar petiscos no ar. Ele queria...

Alunos plantam e colhem abóbora gigante de 50 kg e 1 metro em escola no DF

O que falar de uma abóbora gigante que foi plantada em novembro do ano passado e que foi colhida na semana passada pesando nada...

Jovem ganha carro do chefe após caminhar 32 km para não chegar atrasado no 1º dia de trabalho

Walter Carr andou 32 km para não chegar atrasado no primeiro dia de trabalho.

Menino curado vira médico para cuidar de crianças com câncer

Um médico que batalhou para vencer um linfoma, na adolescência, hoje, cuida de crianças que lutam para vencer sua própria batalha contra a doença.

Instagram

Papagaios-de-peito-roxo ameaçados de extinção são devolvidos à natureza em MG 3