Paquistão está contratando desempregados para plantar 10 bilhões de árvores

O governo do Paquistão está contratando pessoas desempregadas por conta da Covid-19 para trabalhar plantando árvores. A iniciativa faz parte do programa “Um Tsunami de 10 Bilhões de Árvores“, que visa reflorestar o país e trazer uma resposta às mudanças climáticas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A nação paquistanesa sofre atualmente com crescentes ondas de calor, enchentes, secas e outros fenômenos naturais extremos. Além disso, boa parte da água disponível para abastecimento e lavouras vêm das geleiras do Himalaia, menores a cada ano.

O programa lançado em 2018 quer reverter isso. Agora, com a contratação de milhares de pessoas, especialmente jovens, o objetivo parece mais alcançável do que nunca.

paquistão contrata desempregados covid-19 plantar árvores
Foto: Trust.org / Reprodução

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Abdul Rahman, que trabalha na construção civil, perdeu o emprego devido à paralisação econômica decorrente da Covid-19. O Paquistão decretou quarentena no dia 23 de março, em um esforço nacional para conter a disseminação do vírus.

Sem emprego, o rapaz chegou a pensar que iria mendigar na rua para sustentar a família. “Devido ao coronavírus, todas as cidades fecharam e não havia trabalho. A maioria de nós não ganhava o pão de cada dia”, disse Rahman, morador do distrito de Rawalpindi, na província de Punjab.

Felizmente, agora temos uma maneira de ganhar nosso salário novamente para alimentar nossas famílias“.

O governo lhe ofereceu um emprego: Abdul juntou-se a dezenas de milhares de outros trabalhadores desempregados, que estão plantando árvores em massa por todo o território do país islâmico, bastante escasso de florestas (apenas 6% da área é coberta por vegetação).

Ajude reserva ambiental do Amapá a não fechar as portas. Clique e saiba como fazer sua parte!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

paquistão contrata desempregados covid-19 plantar árvores
Foto: Trust.org / Reprodução

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

No programa “Um Tsunami de 10 Bilhões de Árvores”, todo mundo sai ganhando: os trabalhadores têm alguma renda, que apesar de não ser tão estável, garante o sustento de todos, a economia é estimulada e o meio ambiente recebe o devido cuidado merecido.

Cada trabalhador recebe 500 rúpias paquistanesas (R$ 17) por dia plantando árvores – isto é cerca de metade do que eles recebiam em seus empregos anteriores, mas suficiente para subsistir até o fim da quarentena.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

paquistão contrata desempregados covid-19 plantar árvores
Foto: Trust.org / Reprodução

Enquanto nutrimos a natureza, estamos resgatando milhares de pessoas do abismo econômico“, disse Malik Amin Aslam, consultor de mudanças climáticas do governo paquistanês. “Essa trágica crise proporcionou uma oportunidade e nós a aproveitamos”.

“Isso nos ensinou a lição valiosa de que, quando você investe na natureza, ela não apenas lhe paga de volta, mas também o resgata em uma situação econômica estressante”, concluiu.

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Fonte: Trust.org

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,822,141SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotos raras do rei Freddie Mercury com seu namorado vão fazer você voltar a acreditar no amor

As músicas do cantor Freddie Mercury e do grupo musical onde era o vocalista, o Queen são famosas em todo o mundo. Mas o...

Se você acha que toda mãe que diz não amar o filho(a) é desnaturada. Então leia isso

É muito, muito fácil julgarmos as pessoas pelas primeiras impressões que temos dela, é uma tendência natural, mas que nos faz cometer grandes erros...

Vovó pedala 25km todos os dias para vender amendoim e ajudar a neta a se formar em MS

Preguiça não está no vocabulário da vovó Anitta Pereira, 67 anos, que costuma pedalar 25 quilômetros todos os dias para vender amedoim para ajudar...

Jovem paraibano faz sucesso transformando pneus velhos em caminhas para animais

Amarildo Silva tem um lema: "O maior de todos os erros é não fazer nada por achar que se faz pouco...faça tudo que puder"...

Voluntários reformam banheiro de casa que inundava com enchentes

“A parte mais bonita da casa agora é o banheiro”, comemora Kátia, que é mãe de sete filhos.

Instagram