Para levar adiante sua cultura, tribo indígena desenvolve game sobre sua própria história

A tribo Huni Kuin queria preservar e levar adiante sua cultura, sua história. Qual a melhor forma de fazer isso hoje em dia? Desenvolvendo um jogo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Isso mesmo, essa comunidade indígena do Acre montou uma equipe de programadores, artistas e antropólogos para criar seu próprio videogame.

O projeto se chama “Huni Kuin: os caminhos da jiboia” e trata-se de um jogo de plataforma de 5 fases, onde cada fase conta uma antiga história deles.

O objetivo do game, que poderá ser baixado gratuitamente pela internet, é levar um pouco dessa cultura para a sociedade brasileira através de uma mídia moderna.

Assista ao vídeo e divirta-se aprendendo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

2015-835731087-indio-jogo-1.jpg_20150724 529334708 547983401 huni_kuin_os_caminhos_da_jiboia huni-kuin-1438098519071_956x500 huni-kuin-1438098601748_956x500

Fonte: Caldinas

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,849,393SeguidoresSeguir
24,910SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina de 11 anos escreve livros à mão para dar casa nova à família

"Ela é tudo na minha vida. Ela é o amor em forma de gente. Tem um coração de ouro", diz a mãe de Rita, emocionada.

Adolescente organiza festas de aniversário para crianças que vivem em abrigos

A estudante norte-americana Tanvi Barman passa a maior parte do seu tempo livre organizando festas de aniversário para crianças carentes.

Estudante que trabalhou como gari para pagar a faculdade é aprovado em direito em Harvard

“Uma carta aberta para o meu irmão mais velho”. Foi assim que o mais novo estudante de Direito em Harvard começou um post que...

Em vez de agrotóxicos, vinícola usa patos para adubar plantações

Na África do Sul, a vinícola Vergenoegd Wine State conta com mais de mil patos para manter suas terras sempre produtivos e saudáveis. Todos os dias, os patinhos andam...

Ela era merendeira mas voltou a estudar aos 38 anos e hoje tem mestrado

A educação é mesmo extremamente importante para que a gente possa correr atrás de nossos sonhos e até mesmo mudar totalmente de vida! Sergiana...

Instagram

Para levar adiante sua cultura, tribo indígena desenvolve game sobre sua própria história 4