Para levar adiante sua cultura, tribo indígena desenvolve game sobre sua própria história

A tribo Huni Kuin queria preservar e levar adiante sua cultura, sua história. Qual a melhor forma de fazer isso hoje em dia? Desenvolvendo um jogo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Isso mesmo, essa comunidade indígena do Acre montou uma equipe de programadores, artistas e antropólogos para criar seu próprio videogame.

O projeto se chama “Huni Kuin: os caminhos da jiboia” e trata-se de um jogo de plataforma de 5 fases, onde cada fase conta uma antiga história deles.

O objetivo do game, que poderá ser baixado gratuitamente pela internet, é levar um pouco dessa cultura para a sociedade brasileira através de uma mídia moderna.

Assista ao vídeo e divirta-se aprendendo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

2015-835731087-indio-jogo-1.jpg_20150724 529334708 547983401 huni_kuin_os_caminhos_da_jiboia huni-kuin-1438098519071_956x500 huni-kuin-1438098601748_956x500

Fonte: Caldinas

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,282,832SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após 17 anos, melhores amigas descobrem que na verdade são irmãs!

Melhores amigas desde a adolescência, Ashley Thomas, 31 anos, e Latoya Wimberly, 29 anos, descobriram recentemente que na verdade são irmãs biológicas graças a uma foto...

Ex-segurança de hospital volta a trabalhar no local, mas como médico residente

Russell Ledet tem 34 anos e é um veterano da Marinha dos EUA. Ele trabalhou por cinco anos como segurança no Baton Rouge General...

(NSFW) Fotógrafa resgata beleza do século 15 em mulheres dos dias atuais

A fotógrafa alemã Julia Fullerton-Batten deu um chega pra lá na ditadura do corpo perfeito que hoje persegue as mulheres: corpo esbelto, traços finos...

Mistura de sensações: confira o relato da cadeirante que visitou um restaurante que te deixa “cego”

O O.NOIR com certeza oferece algo diferente. A experiência comum de ir a um restaurante, pedir um prato e curtir a noite muda completamente quando...

Jovem que venceu transtornos alimentares ajuda outras pessoas a se recuperarem

Após se recuperar, ela criou o blog Despedida de Ana e Mia, para ajudar outras pessoas que estão passando pelos mesmos problemas que ela enfrentou no passado. Em dezembro de 2015, ela também criou um canal no YouTube, o De Bem Comigo, para falar sobre transtornos alimentares como forma de alerta, e abordar a questão da autoestima.

Instagram

Para levar adiante sua cultura, tribo indígena desenvolve game sobre sua própria história 4