Para não deixar seu idioma ser extinto, indígena de 81 anos aprende a usar o computador e cria dicionário

Clique e ouça:

Já ouviu falar do idioma Wukchumi?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pois é, quase ninguém escutou, não se sinta menos culto por isso, afinal, só existe mais uma pessoa no mundo que conhece essa língua, e essa pessoa é a bisavó de 81 anos Marie Wilcox.

Wukchumi já foi um povo com mais de 50.000 pessoas, mas os colonizadores vieram e hoje apenas 200 pessas vivem no Vale de São Joaquim, na Califórnia.

Ao perceber que a cultura de seu povo morria a cada nova geração, Marie aprendeu a usar computadores para escrever o primeiro dicionário Wukchumni e garantir que o idioma não morresse.

Algo tão único assim só podia virar um documentário, disponível no Youtube com o nome de “Marie’s Dictionary”. Nele vemos seu trabalho para não deixar uma cultura inteira desaparecer por causa de colonização, racismo institucionalizado, opressão e do progresso vazio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu tenho dúvidas sobre minha língua, e sobre quem quer mantê-la viva. Ninguém parece querer aprender. É estranho que eu seja a última… Tudo vai estar perdido algum dia desses, não sei”, diz em um trecho.

Marie e sua filha Jennifer agora dão aulas para membros da tribo, e trabalham num dicionário em áudio para acompanhar o dicionário escrito que ela já criou.

Veja o vídeo (em inglês) aqui:

30d9d96bf206f777c618e87e01383b9b_MarieDictionary_1316_866

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

maries_dictionary_9

Maries-Dictionary-

Maries-Dictionary-2

maries-dictionary-1920x1080_

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mariesdictionary2

Screen-Shot-2014-09-02-at-10.30.11-AM-570x400

Fonte: QGA

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,093,658FãsCurtir
2,678,824SeguidoresSeguir
22,356SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mulher tira camisa e se arrisca para salvar coala de incêndio na Austrália

A equipe veterinária que cuida da recuperação do bichinho afirmou que suas queimaduras são 'muito graves', mas garantiu que o coala passa bem.

Mulher tem atitude de compaixão com passageira assustada em voo

"Ela não poderia ter a tratado melhor. Eu segurei minhas lágrimas por todo o voo."

Como a Holanda se tornou o primeiro país do mundo sem cães abandonados

Cães são como anjos, pedacinhos de céu na Terra, mas nem sempre os seres humanos os tratam com o respeito e cuidado que merecem. Mas...

Bombeiros pagam aluguel e conseguem doações para idosa que perdeu casa em incêndio

Um incêndio destruiu completamente a casa de uma idosa, em Barreiras (BA). Sensibilizados pela tragédia, um grupo de bombeiros decidiu ajudá-la de uma maneira...

Instagram

Para não deixar seu idioma ser extinto, indígena de 81 anos aprende a usar o computador e cria dicionário 2