Paraisópolis será primeira favela a ter cartão de crédito próprio

A segunda maior favela de São Paulo, a Paraisópolis, com mais de 100 mil moradores, anunciou que vai ter um cartão de crédito próprio para ser usado no comércio local.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao contrário do que muitos acham, o potencial de consumo da comunidade localizada na zona sul da capital paulista é enorme.

A novidade já tem nome, é o Nova Paraisópolis, criado em parceria entre a União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis (UMCP) e a Mais Fácil Administradora de Cartões de Crédito.

O objetivo é incentivar a inclusão financeira, promover o empreendedorismo e os negócios existentes dentro da Paraisópolis. Esperam ainda melhorar a autoestima das pessoas e combater o preconceito.

Juntamente com a oferta do crédito, que hoje a maioria dos moradores não têm nem a oportunidade, o projeto vai oferecer cursos de educação financeira para ensinar sobre o controle dos gastos familiares e estimular o uso consciente do crédito.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O cartão também vai trazer descontos em compras locais e parte do dinheiro movimentado com o Nova Paraisópolis será investido em projetos sociais que beneficiem a comunidade.

O que achou dessa ideia de uma moeda social e local?

Fonte: As Boas Novas

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai hackeia game Donkey Kong para filha poder controlar a namorada do Mario Bros

Triste ao ver a filha de três anos desapontada por não poder controlar Pauline, a namorada de Mario no seminal jogo da Nintendo “Donkey...

Casal abre restaurante em que você escolhe como pagar (inclusive lavando a louça)

Conheça o Ecozinha, o restaurante da historiadora Fátima Mazarão e do gastrônomo Luciano Vaini que desconstrói as bases tradicionais dos restaurantes que conhecemos. O projeto do casal acontece na casa...

Qual o problema de falar que não vamos fazer NADA nas férias?

Texto escrito por Michelle Prazeres, do Desacelera SP.* Outro dia, fiz um post no Facebook, em que eu confessava a minha tristeza ao perceber algumas...

Professora vai na casas dos alunos para conhecer mais da vida deles e ajudá-los a melhorar

Maria de Fátima Destro Arruda é professora na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Lourides Dell Porto”, em Caieiras, São Paulo. Quando entrou para a escola...

Beto Carrero World recebe mais de 5 mil crianças de entidades filantrópicas gratuitamente

Ação busca inclusão de crianças e adolescentes de entidades filantrópicas e escolas.

Instagram