Paramédica interrompe próprio casamento para socorrer vítimas de acidente

Era o grande dia, tudo pronta, vestido de noiva, maquiagem, era só dizer sim.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Porém, a paramédica Sarah Ray, de 29 anos, do Tennessee, EUA, não pensou duas vezes ao saber que alguns familiares – o avô, a avó e o pai – se envolveram em um acidente de trânsito.

“Nós ainda estávamos na igreja. Paul, meu marido, e eu somos paramédicos e vários dos nossos padrinhos e madrinhas também. Meu pai, avó e avô foram para a recepção e todos nós ficamos para trás. Ficamos sabendo que eles que tinham sofrido um acidente e o carro tinha sido destruído”, contou a noiva ao portal ABC News.

O casal correu para o local e prestaram socorro às vítimas que, felizmente, tiveram apenas leves escoriações.

“Eu confiei que meus colegas sabiam o que estavam fazendo. Nós só fomos até lá para checar a situação. Não importa se é o dia do seu casamento ou não.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A foto tirada por sua mãe, em que ela aparece ainda com seu vestido de noiva em frente às ambulâncias e carros de polícia, viralizou na internet e teve mais de 5 mil compartilhamentos.

“Nós atendemos ocorrências antes e vestindo roupas comuns. Desta vez, só aconteceu de eu estar de vestido de noiva”, brinca a médica.

“Muitas pessoas têm usado a palavra ‘heroína’, mas eu não acho que o que fiz foi heroico. Fiz apenas o que qualquer médico faria”, disse à emissora.

Paramédica interrompe próprio casamento para socorrer vítimas de acidente 3

Fonte: Folha de S. Paulo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,777,376SeguidoresSeguir
23,544SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Netos dão telas, tintas e curso para avó que ama pintar e ela realiza sonho

É comum as avós incentivarem os netos quando crianças a desenhar e pintar. Agora, neto motivando a vovó a pintar é nova. Isso aconteceu...

Restaurante de presídio feminino na Colômbia atrai turistas

Na turística Cartagena, o restaurante ressocializa as detentas e melhora sua qualidade de vida dentro do presídio.

Delegada de polícia transexual dá depoimento inspirador sobre respeito e aceitação

Através de um vídeo feito pelo Ministério dos Direitos Humanos, Laura, uma delegada de polícia transexual conta sua história e afirma que merece estar...

Estudante de escola pública passa em 4 cursos de medicina

Aos 19 anos, o estudante de escola pública em Vitória da Conquista Wester da Silva Vieira foi aprovado em quatro universidades todas no curso de Medicina,...

Instagram

Paramédica interrompe próprio casamento para socorrer vítimas de acidente 5